Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL

Iranianos lambem símbolos religiosos para desafiar coronavírus e acabam presos

O Viral
O Viral
Publicado em 05/03/2020 às 16:38
Leitura:
Em meio à crise do coronavírus, fiéis xiitas beijam símbolo sagrado em mesquita do Irã Foto: AFP O novo coronavírus tem causado um caos pelo mundo, inclusive no Irã, que já acumula mais de 1.501 pessoas infectadas e 66 vítimas fatais (o maior número de casos fora da China). Em meio a essa realidade, circularam vídeos na internet durante esta semana em que fiéis iranianos beijam símbolos religiosos para mostrar que não têm medo da doença. Em uma das imagens, um fiel xiita na mesquita de Fatima Masumeh, em Qom, diz "parem de assustar as pessoas com esse coronavírus". Logo após, ele ataca quem deixou de ir ao local por causa do coronavírus e beija e lambe o portão de entrada do templo. Para completar, afirma para que as pessoas "parem de brincar com a fé. O coronavírus não é nada nas mesquita xiitas". Fiel xiita beija e lambe portão de entrada de mesquita no Irã Foto: Reprodução/Twitter

Prisão

Após a repercussão dos vídeos, as autoridades do Irã prenderam os rapazes envolvidos. Eles podem ser condenados a levar 74 chibatadas em público e ficar atrás das grades por até dois anos. "Prender essas duas pessoas não é o bastante, já que centros religiosos continuam abertos em Qom e outras cidades onde as pessoas estão infectadas pelo coronavírus", disse a jornalista independente Masih Alinejad, em uma publicação nas redes sociais. Líderes religiosos não emitiram nenhum pedido para que peregrinos deixem de marchar a cidades sagradas xiitas. Para eles, as mesquita tem "poder de cura" e beijar e tocar símbolos religiosos nesses locais faz parte da peregrinação. LEIA MAIS Coronavírus: infectado na China afirma ter se curado com uísque e mel Pesquisa por ‘vírus da cerveja corona’ aumenta em mais de 1.000% na internet

Últimas notícias