Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
Leilão

Meme do cachorro desconfiado é leiloado por R$20 milhões

O meme se tornou o arquivo digital mais caro já vendido de que se tem notícia

Roberta Salles
Roberta Salles
Publicado em 15/06/2021 às 12:28
Notícia
Reprodução/Redes Sociais
- FOTO: Reprodução/Redes Sociais
Leitura:

Uma foto de um doguinho tirada em 2010 mostra uma cadela da raça Shiba inu, com uma carinha de desconfiada. Aquela cara de quem aprontou alguma travessura e foi pega no flagra. O meme “Doge” foi vendido por 4 milhões de dólares — pouco mais de R$ 20 milhões na cotação atual — em um leilão destinado a caridade.

Com a venda, o meme se tornou nesta semana o arquivo digital mais caro já vendido de que se tem notícia, de acordo com informações do site de notícias da rede NBC News. A imagem foi arrematada na sexta-feira (11) por ethereum, a moeda digital ao modelo do bitcoin. A transação aconteceu por meio de um NFT, sigla em inglês para "token não-fungível" ("non-fungible token").

Repercussão

O dono da cadela, que ficou conhecida como "Doge" mas, na verdade, se chama Kabosu, comentou a venda em uma publicação no Instagram. "Nunca, em um milhão de anos, eu teria imaginado o impacto que minha sessão de fotos de Kabosu teria na internet. É um momento que evoluiu e ganhou vida própria na última década — sendo compartilhado milhões de vezes e criando uma comunidade inteira em torno do meme Doge", escreveu Atusko Sato.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por ????? (@kabosumama)


A imagem saiu de um pequeno blog de Sato, onde foi postada sem pretensões em 2010, para ganhar a internet depois de 2013 em versões editadas das mais diferentes formas. Em 2019, foi eleito o "meme da década" pelo portal especializado em virais "Know your meme".

Outro meme famoso que também foi leiloado recentemente foi o da garotinha observando o incêndio, adquirido por pouco mais de R$2,4 milhões.

Comentários

Últimas notícias