23
jan

‘Tenho pena dos animais’, diz Youtuber mirim que parou de comer carne

23 / jan
Publicado por O Viral às 12:17

A Youtuber mirim Liv, de apenas cinco anos, está bombando na internet ao explicar porque não come carne: “Tenho pena dos animais”, diz a pequena em seu último vídeo publicado no canal ‘Meu Nome é Liv‘. Os internautas estão encantados com a atitude, mensagem e desenvoltura da menininha.

Foto: Reprodução Youtube

Liv começa o vídeo falando sobre o sentimento dos animais. “Ele é um animal. Ele sente dor, sede e fome. É igual a gente, ele têm sentimentos. Eu fico com muita dó sim”, conta. Em seguida ela explica como tomou a decisão de se tornar vegetaria. “Um dia eu tava na rua com o meu papai e ele falou assim para o cara do churrasquinho: ‘Ei, me dá dois bois…’ Então eu esperei sair dois boizinhos de lá de dentro. E quando veio, eram dois palitos cheio de carne”, disse.

Veja o vídeo:

Segundo a pequena, após descobrir que a carne vem dos animais ela decidiu não mais come-los.  “Aí eu entendi que o boi era aquilo ali. Meu Deus do céu, quem coloca um boi dentro de um palitinho?”, fala. A menininha ainda manda um recado: “Você tem que cuidar dos animais e não matar”, diz.

Os pais da criança comem carne, mas apoiam sua decisão de não comer. Por fim ela pede respeito. “Me respeite porque eu não como carne, mas se você quiser coma”, diz.

REPERCUSSÃO

Em poucos dias o vídeo se tornou viral nas redes sociais. No Facebook, o vídeo recebeu mais de 20 mil reações, quase 20 mil compartilhamentos e cerca de dez mil comentários. As imagens já foi visualizadas mais de 900 mil vezes.

No Youtube, o vídeo conta com mais de 20 mil visualizações e duas mil curtidas. Nos comentários, só elogios a atitude da pequena. Muitos usuários agradeceram pela mensagem do vídeo. “Liv, muito obrigada por esse vídeo. Que bom que os animais tem uma pessoa tão especial como você para defendê-los”, escreveu uma usuária. “Tão novinha e já entendeu o que muita gente em uma vida inteira não consegue compreender”, disse outra.


Veja também