22
fev

Universidade vicia macacos em cocaína e petição tenta barrar testes

22 / fev
Publicado por O Viral às 15:15

Não é novidade que para a ciência a realização de testes e procedimentos em animais é uma realidade antiga. E, nesta última terça feira (19), mais uma notícia de crueldade com os bichos causou revolta em muita gente. O caso, desta vez, aconteceu na Suíça. A organização Liga Suíça Contra Testes em Animais (LSCV) denunciou publicamente a Universidade de Fribourg, uma das mais tradicionais do país, acusando-a de manter práticas cruéis contra macacos.

Foto: Reprodução / Site Lscv

Na petição, que já consta com mais de 15 mil assinaturas, a organização afirma que universidade oferece cocaína aos animais para testar procedimentos neurológicos a fim de encontrar a cura do vício. O método consiste em dar pequenas doses da droga aos primatas, até que eles, enfim, se viciem na substância.

Foto: Reprodução Internet

No documento, validado pelo Escritório Federal Suíço de Segurança Alimentar e Veterinária (OSAV), por um veterinário e um comitê de testes em animais, a LCSV não somente pede a suspensão dos testes, mas também a divulgação do protocolo dos experimentos realizados.

EM DEFESA

De acordo com o Holidog Times,  a universidade é acusada de explorar macacos em testes científicos desde 1975 e  de maltratar 23 macacos apenas em 2017. A instituição se pronunciou contra as acusações, afirmando que detém de todas as autorizações éticas, veterinárias e governamentais para realizar a pesquisa.

 

*Com informações do Hypeness


Veja também