29
mar

Nova representação de como seria rosto de Jesus repercute na internet

29 / mar
Publicado por o Viral às 14:12

Quando se fala de Jesus Cristo, as pessoas são capazes de visualizá-lo com os mesmos traços: cabelos longos e castanhos claros, olhos azuis, nariz afinado, etc. Por muitos séculos, essa foi a imagem mais repercutida da figura católica, seja na arte, na religião, no cinema ou na literatura. Essa semana, no entanto, uma nova representação do profeta, quase oposta à que os cristãos estão acostumados a ver, ganhou notoriedade.

Foto: Foto: Cícero Moraes/BBC Brasil

A pedido da reportagem da BBC, o designer gráfico brasileiro Cícero Moraes, especialista em reconstituição facial forense com trabalhos realizados para universidades estrangeiras, criou uma imagem científica de Jesus Cristo baseada nas conclusões de Joan E. Taylor, autora do recém-lançado livro ‘What Did Jesus Look Like?’ e professora do Departamento de Teologia e Estudos Religiosos do King’s College de Londres.

Joan chegou às seguintes conclusões sobre a fisionomia de Jesus: “Os judeus da época eram biologicamente semelhantes aos judeus iraquianos de hoje em dia. Assim, acredito que ele tinha cabelos de castanho-escuros a pretos, olhos castanhos, pele morena. Um homem típico do Oriente Médio”, afirma.

DE ONDE SURGIU A IMAGEM MAIS CONHECIDA

O historiador André Leonardo Chevitarese, professor do Instituto de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e autor do livro Jesus Histórico – Uma Brevíssima Introdução, explicou à BBC que a imagem de Jesus barbudo e cabeludo surgiu na Idade Média, no auge do Império Bizantino. A explicação para a escolha da aparência do símbolo cristão, além do eurocentrismo, teria acontecido pela intenção de retratar o Cristo como um ser invencível, semelhante fisicamente aos reis e imperadores da época.

VEJA MAIS:
Casal diz ver Jesus olhando para feto em ultrassom
Ateu se surpreende com ‘rosto de Jesus’ em porta de banheiro

O QUE DIZ A BÍBLIA

A dificuldade em saber ao certo qual era a aparência de Jesus acontece porque a Bíblia não o descreve fisicamente e foca apenas em seus atos milagrosos que o consolidaram como mensageiro de Deus. Em Isaías 53:2, o livro sagrado do cristianismo fornece uma breve descrição: “Não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos”. Já em Marcos 14:44, onde Judas combina um sinal para que identificassem Jesus, é possível interpretar que ele não era tão diferente do padrão físico da época. “Aquele a quem eu saudar com um beijo, é ele: prendam-no e levem-no em segurança’”, teria dito o traidor.


Veja também