26
maio

Justificativa de projeto de lei que faz homenagem a Eduardo Campos é cópia de texto da Wikipédia

26 / maio
Publicado por Franco Benites às 15:29

Ex-governador Eduardo Campos. Foto; Helia Scheppa/ Acervo JC Imagem

Já não é mais novidade que o novo plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco levará o nome do ex-governador Eduardo Campos. O assunto foi abordado ainda na tarde dessa quinta-feira pelo JC Online, em texto do repórter Paulo Veras.

O que surpreende, no entanto, é quando se olha com atenção o projeto de lei que oficializa o batismo do plenário com o nome do ex-governador. A justificativa para apresentação do projeto é simplesmente, ou melhor, inacreditavelmente, a cópia de um texto sobre Eduardo Campos que está na Wikipédia.

SUSPEITA DE  CORRUPÇÃO

O texto da Wikipédia que serviu aos deputados estaduais governistas faz menção às denúncias de corrupção envolvendo Eduardo Campos, mas convenientemente a justificativa do projeto de lei da mesa diretora da Assembleia Legislativa ignorou esse trecho.

Na semana passada, o executivo Ricardo Saud, um dos delatores da JBS, citou o nome de Eduardo Campos e de pessoas ligadas ao ex-governador em um suposto caso de recebimento de propina.

João Campos, filho do ex-governador e chefe de gabinete do governador Paulo Câmara (PSB), saiu em defesa do pai e afirmou que ele sempre teve sua vida pauta pela ética.

Delação da Odebrecht leva Aldo Guedes, sócio de Eduardo Campos, para juiz Sérgio Moro

Eduardo Campos é citado em três diferentes novos casos na Delação do Fim do Mundo

Odebrecht reconhece envolvimento de empreiteira na PPP de Itaquitinga a pedido de Eduardo Campos

Dono de avião que caiu com Eduardo Campos tem carros de luxo, barco e cobertura na Praia do Paiva não declarados

Abaixo, veja o trecho da Wikipédia cujo intertítulo é “Suspeita de corrupção”. Em seguida, o texto do projeto de lei da Assembleia Legislativa.

>> Para pernambucanos, Eduardo Campos foi o melhor governador do Estado

PS) a informação de que os deputados estaduais escolheram o caminho mais fácil – CTRL C + CRTL V – para embasar a homenagem a Eduardo Campos foi passada ao blog por um atento observador da política pernambucana.

SUSPEITA DE CORRUPÇÃO

A Polícia Federal através da Operação Turbulência investiga um esquema de lavagem de dinheiro que teria movimentado mais de R$ 600 milhões. O dinheiro teria sido utilizado para abastecer o caixa 2 do PSB e assim financiar a campanha de reeleição de Eduardo Campos ao governo de Pernambuco em 2010 e nas eleições presidenciais de 2014.

Segundo as investigações, parte do dinheiro teria sido empregada na compra da aeronave utilizada por Campos na sua campanha e que caiu no acidente. Segundo o Ministério Público Federal, Eduardo Campos e senador Fernando Bezerra Coelho teriam recebido propina do dono da aeronave. A construtora Camargo Corrêa teria pago propina a Campos e Coelho referente às obras na Refinaria Abreu e Lima. A empreiteira OAS também estaria envolvida. O esquema de lavagem de dinheiro também estaria ligado com outros esquemas investigados na Operação Lava Jato.

 

Projeto de lei presta mais uma homenagem a Eduardo Campos. Foto: Reprodução/Internet

HOMENAGENS

Em março deste ano, o deputado estadual Isaltino Nascimento (PSB), que é o líder do governo Paulo Câmara na Assembleia Legislativa, propôs batizar um  hospital em Serra Talhada com o nome do ex-governador.

Isaltino Nascimento não está sozinho. Em 2015, a repórter Mariana Araújo, da editoria de Política do Jornal do Commercio, escreveu uma reportagem mostrando os projetos para que Eduardo Campos virasse nome de estradas, escolas e praças.


Veja também