14
maio

‘Estrutura do Complexo do Curado ainda é muito ruim’, diz promotor

14 / maio
Publicado por Raphael Guerra às 6:59

Formado por três presídios, o Complexo Prisional do Curado é um dos mais superlotados da América Latina. Foto: JC Imagem/Arquivo

A visita da Comissão do Sistema Prisional, Controle Externo da Atividade Policial e Segurança Pública do Conselho Nacional do Ministério Público, ao Complexo Prisional do Curado, no Recife, na semana passada, comprovou o que muitos já sabiam. O espaço que abriga três presídios é um dos mais superlotados e precários do País. Apesar disso, segundo o promotor Fernando Falcão, que está atuando na Promotoria de Execuções Penais, houve melhorias nas áreas de educação e saúde para os presos.

“A estrutura ainda é muito ruim. Os presos continuam dormindo nos corredores, em galpões ou nas chamadas ‘casas de pombos’ (celas que ficam na parte superior dos galpões). São construções improvisadas e precárias. A comissão que visitou o Complexo considerou a situação ruim, mas disse que há presídios piores, como a Penitenciária de Pedrinhas (Maranhão)”, afirmou o promotor, em entrevista ao Ronda JC.

“Vimos aqui um modelo mais antigo de presídio, da década de 80. As celas são muito apertadas, temos superlotação; e, por outro lado, temos as salas de estudo, utilizadas por um índice bom de alunos quando comparado com o nacional. Mas ainda são necessárias mais oportunidades de trabalho interno, mais parcerias com a iniciativa privada para que esses presos possam ter uma ocupação”, disse o presidente da comissão, conselheiro Dermeval Gomes Filho.

LEIA TAMBÉM

Por 17 votos, TJPE aceita denúncia contra Marcellus Ugiette

Polícia de PE encerra investigação de 169 homicídios sem apontar culpados


Veja também