16
nov

Pernambuco premiado no 16º Prêmio Cenym

16 / nov
Publicado por Márcio Bastos às 16:48

Alexandre Guimarães venceu na categoria melhor ator por "O Açougueiro". Foto: Lucas Emanuel/Divulgação
Alexandre Guimarães venceu na categoria melhor ator por “O Açougueiro”. Foto: Lucas Emanuel/Divulgação

Realizado na terça-feira (15), no Teatro Lourival Batista, em Aracaju (SE), o 16º Prêmio Cenym foi marcado por forte presença do teatro pernambucano. O Açougueiro, monólogo estrelado por Alexandre Guimarães, ganhou três dos quatro prêmios aos quais foi indicado, incluindo melhor ator e melhor monólogo. Outros destaques foram o Teatro Santa Isabel (melhor teatro, pelo segundo ano consecutivo) e o Janeiro de Grandes Espetáculos (melhor projeto ou evento de incentivo ao teatro).

LEIA MAIS
>> ‘O Açougueiro’ indicado a quatro prêmios Cenym
>> Não dá pra ficar omisso diante das inquietações, diz ator de ‘O Açougueiro’
>> Teatro físico é norte para encenação de O Açougueiro

O Prêmio Cenym é promovido pela Academia de Artes no Teatro do Brasil e contou, entre seus premiados, com nomes como Rosamarinha Murtinho (melhor atriz), Pedro Luís (melhor trilha, por Gota D’água) e Grupo Carmin (melhor grupo).  Confira a lista completa com os vencedores:

MELHOR ESPETÁCULO
Sobre Ratos e Homens
por – Antônio Raniere, Celso Monastero e Ricardo Monastero
​​
MELHOR DIRETOR
Ulysses Cruz por – O Camareiro
​​
MELHOR ATOR
Alexandre Guimarães por – O Açougueiro

MELHOR TEATRO
Teatro Santa Isabel – Recife\Pernambuco

MELHOR PROJETO OU EVENTO DE INCENTIVO AO TEATRO
Festival Janeiro de Grandes Espetáculos – PE
​​
MELHOR ATRIZ
Rosamaria Murtinho por – Dorotéia

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Rafael Maia – por Otelo
​​
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Vilma Melo por – Amargo Fruto a Vida de Billie Holliday​

MELHOR TEXTO ORIGINAL
Proibido Amar por – Rafael Salmona

MELHOR TEXTO ADAPTADO
Otelo – por Maria Silva Betti
​​
MELHOR QUALIDADE ARTÍSTICA DE PRODUÇÃO
Proibido Amar por – Rafael Salmona, Ferruccio Cornacchia,
Paulo Tardivo e Paulo Victor Gandr
​​
MELHOR QUALIDADE TÉCNICA DE PRODUÇÃO
Sobre Ratos e Homens por – Guilherme Bonfanti e Marcio Vinicius

MELHOR GRUPO DE TEATRO
Grupo Carmin por Jacy – Quitéria Kelly, Henrique Fontes e Pedro Fiuza

MELHOR CIA DE TEATRO
Nossa! Cia de Atores por – Tudo o que há flora
Leila Savary, Lucas Drummond, Thiago Marinho e Bruno Mariozz

MELHOR ELENCO
Sade – Carlos Betão, Fafá Menezes, Marcelo Praddo,
Márcia Andrade e Wanderley Meira

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL OU ADAPTADA
Gota ‘água a seco por – Pedro Luís
​​
MELHOR SONOPLASTA OU EXECUÇÃO DE SOM
OraMortem por – Estela Ceregatti, Jhon Stuart e Luiz Gustavo Lima

MELHORES EFEITOS SONOROS OU FUNDO MUSICAL
OraMortem por – Estela Ceregatti, Jhon Stuart e Luiz Gustavo Lima

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL OU ADAPTADA
Gota D’Água a seco –“cálice” por Laila Garin (voz) e Pedro Luís (arranjos)

MELHOR CENÁRIO
Sobre Ratos e Homens por – Marcio Vinicius

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Sobre Ratos e Homens por – Marcio Vinicius

MELHOR ILUMINAÇÃO
Sobre Ratos e Homens por – Guilherme Bonfanti

MELHOR MAQUIAGEM
O Açougueiro por – Vinicius Vieira

MELHORES ADEREÇOS E OBJETOS DE CENA
A Casatória C’a Defunta por – Marcos Leonardo

MELHOR FIGURINO
Otelo por – Marcio Macena

MELHOR COREOGRAFIA
Raia 30 o Musical por – Tania Nardini

MELHOR CARTAZ E FOTOGRAFIA DE PUBLICIDADE
Proibido Amar por – Maya Morikawa e Rafael Salmona
​​
MELHOR MONTAGEM BRASILEIRA DE UMA OBRA ESTRANGEIRA
O Camareiro por -Tarcísio Meira , Kiko Mascarenhas, André Mello,
Radamés Bruno, Viviane Procópio, Carmem Oliveira e Diego Teza

MELHOR MONÓLOGO
Açougueiro por – Alexandre Guimarães e Samuel Santos​

MELHOR MUSICAL
Gabriela por – Almali Zraik e João Falcão


Veja também