23
abr

Morre cantor que abriu festival de Woodstock

23 / abr
Publicado por José Teles às 13:11

Richie Havens, saindo do palco, em Woodstock
Richie Havens, saindo do palco, em Woodstock

Richie Havens, imortalizado na abertura do documentário Woodstock, de 1969, morreu, ontem, de um infarto, em New Jersey, nos EUA. Havens, que estava com 72 anos, tinha anunciado a aposentadoria há três anos. Ele gravou alguns álbuns antológicos, foi um dos melhores intérpretes de Bob Dylan e Beatles.

A participação de  Richie Havens no festival de Woodstock teve lances de drama e humor. Ele foi escolhido para começar o festival porque a hoje obscura Sweetwater,  banda que  começaria a programação do sábado, ficou presa no engarrafamento. O caos em que se transformou a estrada que levava a Bethel, onde aconteceu o festival, impediu a chegada de outras atrações.

Richie Havens, contratado para tocar quatro músicas,  teve que estender sua apresentação por 2h45, até esgotar o repertório. Freedom, que ele canta na abertura do festival, foi improvisada na hora.

A figura do negro magro, de caftan, fazendo acordes fechados com o polegar com o polegar, e um ritmo frenético no violão, de sandálias de couro, banguela, é uma das imagens mais icônicas dos anos 60.

Confiram Richie Havens, em Freedom/Motherless child, em Woodstock, 1969:


Veja também