Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Santa Cruz passa pelo Remo e emenda vitórias pela primeira vez na Série C

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 08/07/2018 às 19:03
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

O Santa Cruz pela primeira vez conseguiu emendar vitórias no Campeonato Brasileiro da Série C. Neste domingo (8), o Tricolor recebeu o lanterna Remo e venceu por 2x0, com um gol ainda no comecinho da partida e outro no final. Pipico mais uma vez brilhou e balançou as redes, aos 11 minutos do primeiro tempo, dando a vitória coral. Charles fechou o placar nos acréscimos do segundo tempo.

O resultado leva o time pernambucano ao 3º lugar, dentro do G4 do Grupo A, agora com 20 pontos, atrás apenas do líder Atlético-AC e do Náutico. O Remo afunda cada vez mais na lanterna, com apenas 11 pontos. Na próxima rodada, o Tricolor recebe o Globo-RN, às 19h de sábado (14). No Mangueirão, o Remo recebe o Botafogo-PB no mesmo dia, às 17h.

LEIA MAIS:

Ouça os gols do Santa Cruz sobre o Remo nas ondas da Rádio Jornal

Confira Santa Cruz x Remo nas lentes da JC Imagem

GOL CEDO

O Remo até ficou mais com a bola nos 10 primeiros minutos no estádio do Arruda. Mas, logo no décimo primeiro minuto, o novo camisa 9 tricolor voltou a balançar as redes. O lateral-direito Vítor cruzou na área adversária. Pipico estava em cima da linha da pequena área e cabeceou para o gol, marcando o gol com um peixinho.

BANHO-MARIA

A partida, porém, ficou morna logo em seguida. A chance mais próxima dos paraenses veio aos 25 minutos desta etapa. Elielton recebeu na frente. O goleiro Tiago Machowski saiu no meio da área e defendeu, afastando o perigo da meta do Santa Cruz. Aos 41, a Cobra Coral assustou novamente. Robinho passou pelos marcadores na entrada da área e entregou para Jailson, livre. Este tentou tirar do goleiro para bater para o gol, mas Vinícius defendeu.

GM, santa cruz, remo Foto: Guga Matos/JC Imagem

RECOMEÇO

Mais uma vez, agora no início do segundo tempo, o Remo começou pressionando o Santa Cruz. Isac foi o principal nome das investidas paraenses. Primeiro, aos 15 minutos, ele recebeu de Fernandes e arrematou, mandando para fora, por cima do lado esquerdo da meta defendida por Tiago Machowski. Logo no lance seguinte, a defesa coral falhou e o camisa 9 remista ficou cara a cara com o goleiro, que defendeu seu chute.

O time da casa até ensaiou ataques para ampliar o placar, mas sem efetividade ou dar trabalho para o goleiro Vinícius. Em uma oportunidade, Vítor tocou para Eduardo na área. O volante ajeitou para o meio. Mas foi Mimica a chegar para fazer o corte e ceder escanteio. Do seu lado, com o desespero pela pontuação, o Remo também não conseguiu transformar as investidas em gol. Aos 42 minutos, após cruzamento, Eliandro cabeceou na trave, nas costas de Danny Morais, e Tiago Machowski segurou em seguida.

GOL TARDE

Parecia que o jogo já estava decidido, mas um jogador que saiu do banco do Santa Cruz ainda teve tempo de ampliar o placar. Charles, que entrou no lugar de Willian Maranhão, cobrou falta na intermediária. A bola desviou levemente na barreira e tirou o goleiro Vinícius do lance. Com mais um gol, o placar ficou em 2x0 para o Tricolor, que emenda pela primeira vez vitórias na Série C desta temporada.

CONFUSÃO

Apesar do apito final da partida, o banco de reservas do Remo continuou discutindo com a arbitragem, como havia começado nos acréscimos do jogo. Vacaria já havia sido expulso e Geandro viu o cartão vermelho após o fim. Os jogadores cercaram a arbitragem, enquanto reclamavam.

FICHA DA PARTIDA - SANTA CRUZ 2 x 0 REMO

Santa Cruz:  Tiago Machowski; Vítor, Danny Morais, Augusto Silva e Allan Vieira (Eduardo Brito); Eduardo, Arthur Rezende (Augusto) e Willian Maranhão (Charles); Robinho, Pipico e Jailson. Técnico: Roberto Fernandes

Remo: Vinícius; Nininho, Mimica, Bruno maia e Esquerdinha (Jayme); Geandro, Dudu e Leandro Brasília (Fernandes); Elielton (Eliandro), Isac e Rodriguinho. Técnico: João Neto

Série C (13ª rodada). Local: estádio do Arruda, no Recife (PE). Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ) Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Lilian da Silva Fernandes Bruno (ambos do Rio de Janeiro) Gols: Pipico, aos 11' do 1T, e Charles, aos 46' do 2T (S) Cartões amarelos: Arthur Rezende (S); Bruno Maia, Nininho e Geandro (R) Cartões vermelhos: Vacaria e Geandro (R) Público: 14.782 Renda: R$ 122.290

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias