Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

Brasil vence a Argentina com gol de Miranda no apagar das luzes

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 16/10/2018 às 17:02
Foto: Lucas Figueiredo/ CBF.
Foto: Lucas Figueiredo/ CBF.
Leitura:

A Argentina, mesmo desfalcada, fez jus às suas tradições e segurou o Brasil o quanto pôde. Mas na bola parada, os pentacampeões conseguiram a vitória por 1x0, em amistoso disputado nesta terça-feira (16), em Jedahh, na Arábia Saudita. Assim, o Brasil fecha as duas datas Fifa de outubro com duas vitórias e sem tomar gol - levou a melhor sobre a Arábia Saudita por 2x0 na última sexta (12).

O Brasil não chegou a ser o time lento e sem criatividade do jogo contra a Arábia Saudita, mas nem de longe lembrou a equipe sempre acesa e rápida sob o comando de Tite. Com uma formação bem diferente da Copa do Mundo e visivelmente num patamar técnico inferior, a Argentina não teve outra estratégia a não ser marcar no seu campo e aproveitar um erro dos rivais para tentar alguma coisa.

E o primeiro a errar foi o Brasil, aos sete minutos. Num cruzamento fácil da esquerda, Casemiro demorou a tomar a decisão e a bola sobrou para Lo Celso chutar de canhota. A bola passou raspando a trave esquerda de Alisson. Os pentacampeões só foram responder 20 minutos depois num cruzamento de Casemiro que Miranda dominou com estilo para chutar do bico da pequena área. A bola passou por Romero, mas Otamendi salvou de cabeça.

Com pouca mobilidade entre seus jogadores de meio e ataque, os Canarinhos caíram na marcação argentina, que só voltou a dar sinal de vida numa falta perigosa cobrada por Dybala.

Depois de 45 minutos esperando o Brasil, que passou longe de pressionar, a Argentina viu que poderia ter melhor sorte na partida se fosse um pouco mais ousada. E os portenhos adiantaram um pouco a marcação. Como previsto consguiram equilibrar o jogo e deixar os rivais presos no campo defensivo, inclusive criando problemas na saída de jogo.

Logo no começo da etapa, Lo Celso cabeceou no meio do gol para Alisson segurar. A segunda tentativa foi de Icardi, que chutou prensado. O Brasil tinha Casemiro e Arthur bem marcados, o que prejudicou bastante a saída de jogo. Some-se a isso, a jornada pouco inspirada dos laterais, que deixou o time com sérios problemas criativos. O que ajudou foi o espaço para contra-ataques. Num deles, aos 23, Neymar cruzou rasteiro para Richarlison completar para fora. Dois minutos depois veio a bola parada ensaiada, com Arthur mandando para defesa de Romero.

Com o espaço pelos lados do campo, o jogo ficou melhor e mais aberto, mas na hora de finalizar, os dois times sempre falhavam. Até que a bola parada salvou o Brasil aos 47 minutos num escanteio cobrado por Neymar e completado por Miranda no primeiro pau.

Ficha do jogo - Brasil 1x0 Argentina

Brasil

Alisson; Danilo (Fabinho), Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Casemiro, Arthur e Philippe; Neymar, Gabriel Jesus (Richarlison) e Roberto Firmino. Técnico: Tite.

Argentina

Romero; Saravia, Pezzella, Otamendi e Tagliafico; Paredes, Battaglia e Lo Celso (Salvio); Dybala (Martinez), Icardi e Correa (Pereyra). Técnico: Lionel Scaloni.

Local: King Abdullah, em Jeddah (Arábia Saudita) Árbitro: Felix Brych (Alemanha). Auxiliares: Mark Borsch e Stefan Lupp (ambos da Alemanha). VAR: Gunter Perl e Robert Hartmann (ambos da Alemanha). Gol: Miranda, aos 47 do segundo tempo. Cartões amarelos: Neymar, Martinez, Bataglia, Saravia, Lo Celso e Paredes. Público: 62.345

Últimas notícias