Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Náutico integra sete campeões do sub-17 ao time profissional

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 22/11/2018 às 16:55
Foto: Léo Lemos/Náutico
Foto: Léo Lemos/Náutico
Leitura:

Sete garotos do time sub-17 do Náutico foram recebidos no profissional nesta quinta-feira (22), após a conquista do título do Campeonato Pernambucano da categoria de forma invicta. São eles os zagueiros Carlão e Vitor Vellaske, os volantes Miro e Luciano, o meio campista Luís Felipe e os atacantes Júlio e Thiago. O técnico dos garotos, Adriano Souza, comemorou a integração da categoria em que trabalha com o time principal.

Adriano explica que a comunicação entre as categorias sub-17 e sub-20 é diária, com relatórios e feedbacks constantes. Mas, poucas vezes um técnico do profissional se dispôs a ir assistir a um jogo do time adolescente. "É muito importante a gente frisar essa atenção que o clube todo tem dado à base, mas também ao Márcio Goiano agora porque, por melhor que seja um trabalho realizado na categoria de base, por maiores que sejam seus talentos, se um treinador do profissional não se disponibilizar a usar esses atletas, vai tudo por água abaixo", comentou Adriano.

LEIA MAIS:

Camutanga quer brigar por titularidade, respeitando concorrência

Justiça Federal põe garagem de remo do Náutico em leilão para saldar dívida

Reforço do Náutico, Allan Patrick desembarca no Recife

Um dos novatos na equipe principal é o zagueiro Carlão. Aos 17 anos, ele celebra não só o título, mas a realização de um sonho de muitos garotos: o de se tornar jogador de futebol profissional. "De ontem para hoje, eu não consegui dormir. Cheguei com os olhos meio vermelhos, mas eu acho que desde pequeno todo garoto sonha em ser jogador de futebol. Não tem nem como descrever realizar isso, o que eu estou sentindo nesse momento", disse o jogador, em sua primeira entrevista coletiva.

O título invicto também foi um tópico abordado pelo garoto alvirrubro. Desde a escolinha no Náutico, ele descreve a sensação como "única". "Um clube que eu torço bastante. Eu só tenho a agradecer ao Náutico por tudo que vem fazendo em minha vida e espero agora, subindo para o profissional, poder estar nos planos do Márcio Goiano, ajudar bastante a equipe. Venho treinando forte para que ele reconheça o meu trabalho", emendou.

Últimas notícias