Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Simeone minimiza desfalques no Atlético de Madrid contra o Barcelona

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 24/11/2018 às 13:45
Foto: AFP
Foto: AFP
Leitura:

Do Estadão Conteúdo - Apesar do número de desfalques que o Atlético de Madrid vai ter contra o Barcelona, na partida deste sábado (23), em Madri, o técnico Diego Simeone minimizou as baixas. Irônico, treinador argentino disse que a equipe dele vai ter 11 jogadores em campo para começar o duelo pela 13ª rodada do Campeonato Espanhol.

"Entendo que, para a imprensa, os lesionados podem ter mais importância do que a partida deste sábado. Para nós, esse jogo é mais importante do que algumas lesões que temos enfrentado e seguido adiante. Teremos 15 jogadores disponíveis e 11 vão atuar, então estamos bem", disse Simeone em coletiva de imprensa nesta sexta-feira. Contra o Barcelona, o técnico não poderá contar com os defensores Juanfran, Diego Godín e José María Giménez, todos machucados.

LEIA MAIS:

Football Leaks aponta uso de doping de Sergio Ramos em final da Liga dos Campeões

Barça e Atlético fazem duelo pela liderança da LaLiga

Bundesliga: Bayern de Munique busca recuperação contra Fortuna Dusseldorf

O Barcelona lidera o torneio com 24 pontos, um a mais do que o Atlético de Madrid, que ocupa a terceira colocação e vai terminar o sábado em primeiro lugar se vencer a partida. O Sevilla, que está em segundo lugar, também com 23 pontos, vai enfrentar o Valladolid neste domingo, em casa.

O Atlético de Madrid eliminou o Barcelona da Liga dos Campeões da Europa duas vezes desde que Simeone assumiu o time de Madri, em 2011, mas não venceu o rival catalão em nenhuma ocasião pelo Campeonato Espanhol neste período. À frente da equipe madrilenha, o técnico argentino ganhou apenas dois de 23 jogos contra o Barça, e ambos os triunfos foram obtidos pela Liga dos Campeões.

"Tem sido muito custoso para a gente enfrentar o Barcelona, que considero ter sido o melhor time do mundo, mas não conseguiu obter na Liga dos Campeões o sucesso que apresentou na Espanha. É uma nova oportunidade contra um grande rival e que vem muito bem. A palavra 'oportunidade' é muito bonita no futebol", afirmou Simeone.

Últimas notícias