Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Neymar evita polêmica sobre melhor brasileiro pós-Pelé: 'Não faz sentido'

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 21/02/2019 às 13:22
Foto: AFP
Foto: AFP
Leitura:

Após constantes discussões na mídia e redes sociais nas ultimas semanas sobre quem seria o melhor jogador brasileiro pós-Pelé, o atacante Neymar se pronunciou. Ele, que estava sendo apontado por muitos como o ocupante deste posto, disse que esta escolha ‘não faz sentido’. O atleta do Paris Saint-Germain e Seleção Brasileira preferiu valorizar os nomes que foram postos no debate, dizendo em vídeo que "Cada um foi importante em algum momento".

Leia Mais

Sem Neymar e Cavani, PSG aposta em Mbappé contra Montpellier

Pai de Neymar nega contato com Barcelona para acertar volta ao clube

Neymar está “feliz” com evolução da lesão e mira quartas da Champions

O debate surgiu através da revista Placar, que em sua última edição, afirmou em sua capa que Neymar é o melhor jogador brasileiro depois de Pelé. "Não vou colocar um primeiro (melhor) jogador brasileiro pós-Pelé. Para mim, todos são importantes. Cada um fez a sua história, cada um jogou de uma maneira diferente e cada um foi importante em algum momento", disse o astro, em vídeo divulgado pelo DAZN, serviço de transmissão de jogos por streaming (internet).

Neymar também ressaltou grandes jogadores que fizeram história no futebol após o Rei do futebol. "Tem nomes que sempre vão ficar marcados no mundo do futebol, como Ronaldo Fenômeno, Romário, Ronaldinho Gaúcho, Kaká e Zico. Enfim, se ficar falando aqui... ainda tem o Rivaldo. Todos são jogadores que tiveram a sua importância. Então é difícil eleger apenas um. Temos o próprio Roberto Carlos, que nem sequer foi atacante, mas foi um jogador com uma grande história. Esse negócio de melhor jogador brasileiro pós-Pelé é algo que não faz sentido para mim", acrescentou.

Futuro

O atacante, entretanto, vê que pode um dia fazer parte desta lista de nomes históricos. "Pode ser que sim, pode ser que eu esteja entre eles. Modéstia à parte, venho fazendo a minha história, venho criando o que quero para mim. Tenho números que podem me colocar ali com eles, mas, como falei antes, cada um tem a sua importância", disse Neymar. Ele tem no currículo um título de Copa Libertadores e uma taça da Liga dos Campeões da Europa.

"Estou fazendo a minha história, ainda tenho 27 anos. Tenho alguns anos a mais de carreira. Óbvio que já fiz coisas grandes, e quero fazer muito mais. Mas respeito muito quem já fez a sua história, respeito todos os jogadores que passaram pela seleção brasileira. Todos são espelhos, todos são ídolos e todos são importantes", encerrou.

Últimas notícias