Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Treinador do Náutico comemora título inédito na carreira

Pedro Alves
Pedro Alves
Publicado em 06/10/2019 às 20:11
Diógenes e Dal Pozzo comemoram título da Série C. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Diógenes e Dal Pozzo comemoram título da Série C. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

A marca de campeão nacional é inédito não só para o Náutico como para o treinador da equipe, Gilmar Dal Pozzo. Após o juiz encerrar a partida que terminou empatada, o Dal Pozzo exaltou a importância da conquista do título tanto para ele, quanto para o clube.

"A dimensão dessa conquista a gente vai degustar ao longo dessa semana e vai ficar eternizado. Um clube que tem uma história muito bonita e não tinha um título nacional. No meu caso são 30 anos de futebol e não tinha conhecido esse gostinho. É muito bom e foi merecido. Isso vai ficar eternizado. Eu estou muito feliz", disse o treinador.

Leia Mais

Enquete: Quem foi o destaque do Náutico na Série C?

Baixe o pôster de Náutico campeão da Série C

Ouça os gols da partida em que o Náutico conquistou o inédito título nacional

Confira imagens da torcida do Náutico nos Aflitos

Jogadores do Náutico falam a quem duvidou da equipe após título

Na competição, o Náutico terminou como líder na fase de grupos e demonstrou um futebol muito competitivo no mata-mata, conseguindo acesso nos pênaltis contra o Paysandu e a vaga na final contra o Juventude. Para Gilmar Dal Pozzo, a consolidação do trabalho dentro de campo, fez com que a equipe chegasse forte na reta final da Série C

"Na fase classificatória, o meu desafio era consolidar o trabalho. Eu sabia que quando eu consolidasse o trabalho, a gente ia chegar muito forte no mata mata e depois a gente soube jogar a competição", afirmou.

Partida

Sobre a partida decisiva deste domingo (6), Dal Pozzo elogiou o adversário, que esteve na frente do placar em duas oportunidades, mas valorizou a postura adotada pelo Náutico diante do adversário.

"O Sampaio é um time de qualidade. A gente sabia que se a gente suportasse a pressão do adversário, foi o que a gente não conseguiu fazer nos primeiros 15 minutos iniciais e foi onde tomamos o primeiro gol. Mas a nossa equipe é letal no contra ataque. No segundo gol deu uma tranquilizada, mas mesmo assim a gente passou um sufoco no final e soubemos administrar", completou o treinador.

Últimas notícias