Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Opinião: frase célebre de Gentil Cardoso segue bem atual

Carlyle Paes Barreto
Carlyle Paes Barreto
Publicado em 11/10/2019 às 11:03
 Foto: Staff CR Flamengo
Foto: Staff CR Flamengo
Leitura:

Quem se desloca recebe, quem pede tem preferência.” A célebre frase de Gentil Cardoso (atribuída a várias outras pessoas) segue atual, mesmo meio século após ter sido proferida pelo campeoníssimo técnico pernambucano, falecido em 1970. E poderia ajudar a maior parte dos times que se queixam da falta de espaço, de retrancas adversárias, da busca pela intensidade.

LEIA TAMBÉM

> Flamengo usa camisa “personalizada” por crianças carentes

> Iranianas vão a jogo masculino em estádio após 40 anos

> No Inter desde a saída de Guto Ferreira, Odair Hellmann é demitido

O Flamengo, líder do Brasileirão, é quem mais se aproxima da filosofia de Gentil Cardoso, que chegou à seleção brasileira em 1959. No time comandado pelo português Jorge Jesus, há movimentação constante dos jogadores que não estão com a bola. Aumentando as opções de passe e gerando espaço entre as linhas de marcação.

Pode parecer óbvio, até pelo tempo que se pede isso, mas está cada vez mais complicada essa execução. Ainda mais num futebol cada vez mais tático, com os atletas agindo como robôs. Cada um em sua área de trabalho. Mais que bagunça, a movimentação constante é a melhor maneira de quebrar linhas, romper retrancas. E ganhar jogos, acima de tudo.

Últimas notícias