Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Opinião: Sport, Náutico, Santa, a cigarra e a formiga

Carlyle Paes Barreto
Carlyle Paes Barreto
Publicado em 14/12/2019 às 12:10
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Mesmo com os acessos e, consequentemente, o aumento substancial no orçamento, Sport e Náutico não estão fazendo investimentos para o início de temporada. Poupando o que pode, para poder gastar mais na frente. Assim como o Santa Cruz, que está em situação financeira mais complicada. Como no conto da cigarra e da formiga.

Na fábula, a cigarra passa o verão se divertindo, enquanto a formiga trabalha. No inverno, enquanto uma curte o que economizou, a outra sofre. É o pensamento dos clubes pernambucanos. Agindo como formiguinhas. E não estão errados.

Se durante muito tempo o Estadual era prioridade, por conta do confronto direto, da rivalidade, agora sabem que precisam ter investimento para o ano inteiro.

LEIA MAIS

> Presidente do Santa Cruz evita atrito após declaração de Evandro Carvalho sobre Arruda

> Técnico do Náutico revela interesse de Kieza em voltar ao Náutico

> Diretor do Sport pondera sobre retorno de Everton Felipe: ‘todo bom jogador interessa’

O Sport está guardando poder de fogo para o Brasileiro. Sabendo que se manter na Série A é prioridade. O Náutico, mesmo com o dinheiro da venda de Thiago, vai focar na Copa do Brasil e na Série B. Questão de sobrevivência. Já o Santa, com orçamento mais reduzido, não pode se dar ao luxo de segurar dinheiro para a Série C. Mas também não fará loucura agora.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Últimas notícias