Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Confira as conquistas pessoais de Diego Souza com a camisa do Sport

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 07/01/2020 às 9:29
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Apesar de agendada para quarta-feira (8), a reunião que definiria o futuro de Diego Souza no Botafogo foi antecipada para a noite da última segunda (6). Com o jogador liberado pelo clube da Estrela Solitária, cresceu o ânimo da torcida do Sport pelo retorno do jogador ao Clube da Praça da Bandeira. Tanto que muito rubro-negros intensificaram as cobranças ao presidente leonino Milton Bivar, que usou a rede social Twitter para desabafar sobre a negociação. No Leão, Diego Souza marcou época e foi vital para a permanência do clube na Série A do Campeonato Brasileiro de 2016 e 2017. Em razão do desempenho apresentado com a camisa leonina, o atleta também obteve uma série de feitos e conquistas pessoais.

LEIA MAIS 

Sport espera resolver renovações de Thyere e Brocador nesta semana

Rithely posta vídeo de filho Henzo para comemorar volta ao Sport: ‘To voltando, galera’

Presidente do Sport desabafa sobre possível retorno de Diego Souza

CONFIRA AS CONQUISTAS DE DIEGO SOUZA COM A CAMISA DO SPORT

Artilheiro do Campeonato Brasileiro - 2016

Foto: Sport/Divulgação

Ao lado de Fred, na ápoca no Atlético-MG, e William Pottker, da Ponte Preta, Diego Souza foi o maior goleador da edição 2016 do Campeonato Brasileiro. Os três ficaram empatados com 14 gols.

Retorno à seleção brasileira

Foto: CBF/Divulgação

Depois de vestir a camisa da seleção canarinho em 2009, Diego Souza voltou a integrar o seleto grupo de jogadores que representam o País em competições e amistosos internacionais depois do desempenho apresentado pelo Sport no Brasileiro de 2016. Especialmente por desempenhar a função de meia, com Eduardo Baptista no Sport de 2016 e marcar tantos gols, o jogador acabou chamando atenção do técnico Tite. Foi chamado primeiramente para o Jogo da Amizade, entre Brasil e Colômbia, depois para partidas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia e para amistosos com a canarinho.

Gol mais rápido da história da seleção brasileira

Foto: CBF/Divulgação

No amistoso entre Brasil x Austrália, em 13 de junho de 2017, realizado em Melbourne, Diego Souza abriu o placar em menos de 10 segundos, entrando para a história da seleção brasileira como o jogador a marcar o gol mais rápido da equipe. Foi o segundo jogo do então atleta do Sport como titular da seleção de Tite, depois de três convocações em sequência.

Vice-artilheiro do Sport em 2017

Depois de ajudar o Sport a não ser rebaixado de Divisão em novo final dramático de temporada no Brasileirão, Diego Souza encerrou o ano na equipe leonina como o vice-artilheiro, com 21 gols. Ficou atrás apenas do atacante André, que balançou as redes em 27 oportunidades.

Possibilidade de disputar uma Copa do Mundo

Foto:CBF/Divulgação

Apesar da concorrência no ataque da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 2018 ser enorme, pois disputava vaga para atuar na mesma função de Gabriel Jesus e Firmino, Diego Souza chegou a ser convocado para os últimos amistosos de 2017. Nos dias 11 e 14 de novembro a canarinho enfrentou o Japão e a Inglaterra o que deixou viva a esperança do jogador de jogar o Mundial pela primeira vez na carreira.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Últimas notícias