Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

Xavi admite ter recusado treinar o Barça por ser "cedo demais"

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 16/01/2020 às 18:20
AFP
Xavi é um dos principais jogadores da história do Barcelona - FOTO: AFP
Leitura:

Da AFP - O ex-jogador espanhol Xavi Hernández confirmou nesta quinta-feira (16) ter recusado uma proposta para se tornar o técnico do Barcelona, afirmando ser "cedo demais" para assumir tal cargo.

Xavi, de 39 anos, campeão do mundo e bicampeão europeu com a Espanha e ídolo da torcida do Barcelona, foi o escolhido pela diretoria do clube catalão para substituir o então técnico Ernesto Valverde, um cargo que acabou entregue a Quique Sentién.

LEIA MAIS:

>Barça, Real Madrid e PSG têm a massa salarial mais alta da Europa, segundo Uefa

>Presidente do Olympique de Marselha vai entrar na justiça após ameaça de morte

>Klinsmann com problemas na Alemanha por não ter apresentado licença de técnico

"Eu recebi uma proposta do Barcelona na presença de Eric Abidal", ex-jogador e atual diretor esportivo do clube, "mas não aceitei a proposta, porque é cedo demais para treinar o Barcelona", declarou Xavi em comunicado divulgado pelo Al Sadd, clube catariano do qual é o atual técnico.

"Mas sempre será meu sonho treinar esta equipe no futuro", completou Xavi, que na carreira de jogador disputou 855 jogos pelo Barcelona.

Setién, que ganhou notoriedade ao treinar o Real Betis, assinou contrato com o Barcelona até 2022, mas poderá deixar o cargo em 2021 caso o próximo presidente do clube prefira outro nome.

Últimas notícias