Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

O dia em que o estrangeiro do Náutico acabou com o Botafogo

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 17/02/2020 às 19:00
Acosta brilhou no Náutico em 2007. Foto: Acervo JC Imagem
Acosta brilhou no Náutico em 2007. Foto: Acervo JC Imagem
Leitura:

O Náutico chega de novo ao jogo mais importante desta temporada na quarta-feira (19). O Timbu recebe o Botafogo pela segunda fase da Copa do Brasil 2020. Mais uma vez, o estádio dos Aflitos se torna palco de um duelo entre as equipes com tudo para ficar marcado. Como aquele dia em 2007 em que um estrangeiro marcou quatro gols no time carioca, pela 25ª rodada do Brasileirão.

"Com uma atuação nota 10 de Acosta", começava a matéria do Jornal do Commercio naquele 9 de setembro ao destacar o placar de 4x1. "O gringo marcou os quatro gols do Timbu. Mais: cavou um pênalti, sofreu outro e foi o responsável pela expulsão do nervoso Jorge Henrique (ex-Náutico e Santa Cruz)", continuava.

LEIA MAIS:

>Kieza inicia transição no Náutico e tem chance de ser relacionado contra o Botafogo

>Regularidade defensiva é arma forte do Náutico na temporada

>Náutico convoca torcida para “jogo mais importante do ano” contra Botafogo

Ironicamente, ou não, o time pernambucano terá outra vez um estrangeiro como centroavante. Ao invés de um uruguaio, é a vez do paraguaio Guillermo Paiva assumir a função de colocar a bola na rede. E, mais irônico ainda, é que Jorge Henrique agora veste novamente a camisa vermelha e branca.

Em 2007, o Botafogo começou melhor e abriu o placar logo aos dois minutos de jogo, com gol do zagueiro Juninho. A reação do Náutico foi arrasadora. Aos 28 minutos do primeiro tempo, Acosta empatou, virando aos 36, na cobrança de pênalti que ainda chegou a ser tocada pelo então goleiro Max.

O segundo tempo seguiu com o baile do uruguaio Acosta. Aos 13 minutos, ele marcou o terceiro, fechando a goleada aos 43 minutos diante de mais de 10 mil pessoas no estádio dos Aflitos naquele domingo. O timbu ainda estava na 18ª colocação, com 27 pontos somados, recuperou o fôlego na competição e terminou a Série A 2007 na 15ª colocação, com 49 pontos somados. Acosta ainda foi o vice-artilheiro do Brasileirão, com 19 gols, um a menos que Josiel, do Paraná.

Obviamente, as equipes voltaram a se encontrar depois daquele dia. Mas, a atuação de um gringo naquele embate pode ser mais um gás para os alvirrubros. O jogo desta quarta entre Náutico e Botafogo começa às 21h30.

Últimas notícias