Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Torcida feminina do Guarani repudia empréstimo de Juninho

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 18/02/2020 às 19:38
Juninho estava no Guarani e vai voltar por conta de readequação financeira do clube paulista. Foto: Anderson Stevens/Sport
Juninho estava no Guarani e vai voltar por conta de readequação financeira do clube paulista. Foto: Anderson Stevens/Sport
Leitura:

A divulgação do empréstimo do atacante Juninho, do Sport, ao Guarani nesta terça-feira (18) não agradou às torcedoras bugrinas. O histórico do jogador de indisciplina, principalmente o indiciamento por agressão, ameaça e injúria contra a ex-namorada em 2017, foi citado por um grupo de torcedoras em uma nota de repúdio.

"Vestir a camisa do Guarani Futebol Clube requer raça, tradição, respeito e valor", começa a nota publicada pelas Bugrinas em Ação, no Instagram. As torcedoras acrescentam que os dois últimos listados "não existe com as torcedoras nesse trâmite com o jogador Juninho Piauí".

LEIA MAIS:

>Sport acerta empréstimo do atacante Juninho para o Guarani

>Era Daniel Paulista no Sport começa com sinalização do time titular

>Presidente da FPF comemora decisão da Justiça de extinguir organizadas

Não é a primeira vez que uma tentativa de empréstimo do jogador por parte do clube pernambucano esbarra na resistência de torcedores do time que negocia. O Corinthians desistiu do atacante e o Ceará só ficou com Juninho por cinco partidas. Além do caso de violência doméstica, o atacante foi afastado do time rubro-negro em 2018 após desentendimento com o então técnico do Sport Nelsinho Batista.

A nota das torcedoras do Guarani termina questionando o clube. "Esse é o respeito às minas e o incentivo do #ElasNoEstádio que vocês têm a nós oferecer? Nós, do Bugrinas Em Ação, deixamos aqui nossa indignação com tamanha falta de respeito e valor", completa o comunicado.

Últimas notícias