Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

"O que tinha para errar, a gente já errou", afirma volante do Sport

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 19/02/2020 às 8:01
Apesar do mau começo de ano do Sport, volante Willian Farias tem se destacado nos jogos. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Apesar do mau começo de ano do Sport, volante Willian Farias tem se destacado nos jogos. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

O volante Willian Farias é um dos poucos, se não for o único, jogador do Sport que escapou das críticas neste começo de temporada negativo. Remanescente do grupo que obteve o acesso na Série B do Campeonato Brasileiro do ano passado, ele tem sido uma das lideranças do elenco. Para o experiente jogador, o Leão não pode mais vacilar na Copa do Nordeste e Campeonato Pernambucano. A equipe está fora do G-4 do torneio regional e ocupa a quinta posição no Estadual.

“O que tinha para errar, a gente já errou. Agora é o momento de levantar a cabeça e juntar os cacos, como costumamos falar. Trabalhar bastante e falar menos. Tiveram jogos que acabamos não jogando bem e o resultado veio. Da mesma forma ao contrário”, afirmou o cabeça de área.

LEIA MAIS

> Torcida feminina do Guarani repudia empréstimo de Juninho

> Justiça determina extinção compulsória da Torcida Jovem, Inferno Coral e Fanáutico

> Sport acerta empréstimo do atacante Juninho para o Guarani

> Sport mostra interesse no retorno de Patric para o Brasileirão

> “Sou do Sport, sou rubro-negro, como sempre fui”, afirma Daniel Paulista

Willian Farias revelou que a má fase do Sport termina afetando até a própria vida pessoal. “Não fico bem, fico frustrado. Fico sem dormir, chateado, sobra até para a esposa em casa. Você acaba não fazendo as coisas no dia a dia, não levando o filho na escola porque escuta coisa. Futebol é entretenimento, mas mexe com muita coisa. Quando o resultado não vem, respinga em tudo. Respingou no Guto e pode respingar em nós”, disse.

Questionado sobre a pressão no Leão, o volante tratou com naturalidade. “Falta o resultado. Isso que falta. Vou bater nessa tecla. Sei o quanto é difícil ser titular do Sport, clube de camisa pesada e com torcedor que cobra muito. Quando assume a titularidade, a responsabilidade aumenta. Ainda mais para os garotos da base. Mas esse é o processo natural”, contou.

“Temos que procurar trabalhar e buscar os resultados. Prefiro a cobrança interna do que posteriormente de vocês (imprensa) ou torcida por conta da falta de resultados”, completou.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Últimas notícias