Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Náutico encara pior momento e observa classificação ameaçada na Copa do Nordeste

Fernando Castro Fernando Castro
Fernando Castro
Fernando Castro
Publicado em 16/03/2020 às 9:04
Náutico foi derrotado por 3x0 diante do Fortaleza. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Náutico foi derrotado por 3x0 diante do Fortaleza. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

O Náutico vive o pior momento da temporada. Com apenas uma vitória nas últimas sete partidas, o time corre o risco de não se classificar na Copa do Nordeste e no Campeonato Pernambucano, faltando apenas uma rodada para o fim da primeira fase dos campeonatos. Com o momento conturbado, a diretoria do clube reconheceu que o time está tendo um desempenho abaixo do esperado nos últimos jogos e ressaltou a necessidade de avaliação dos erros para poder reagir dentro de campo.

“Quando a gente para, senta e analisa friamente, acredito que a gente tem muito o que melhorar, avaliar os pontos positivos que conseguimos tirar desse momento, que são muito menores do que os pontos negativos, mas ao mesmo tempo precisamos trabalhar. Não vamos conseguir reverter os resultados e conquistar a vitória sábado se acreditarmos que está tudo bem”, comentou Ítalo Rodrigues, executivo de futebol do Náutico.

O momento negativo do time no ano tem refletido também nos Aflitos, onde o Timbu costuma ter força. Em 2020, no entanto, o cenário é outro. Em dez partidas dentro de casa, a equipe conquistou apenas duas vitórias. O Náutico, aliás, não vence como mandante há cinco jogos. Outro ponto de preocupação para o técnico Gilmar Dal Pozzo é o sistema defensivo, já que nas últimas três partidas o time alvirrubro sofreu nove gols, uma média considerada alta.

LEIA MAIS 

>> Atleta do Náutico lamenta: "nosso time tem chances e não aproveita"

>> Auxilar técnico do Náutico admite momento ruim e fala em buscar forças

>> Náutico tenta, mas não segura o Fortaleza e se complica na Copa do Nordeste 

O período de oscilação na temporada coincide com a série de lesões que o elenco do Náutico vem sofrendo. No ataque, por exemplo, o técnico Gilmar Dal Pozzo não está podendo contar com quatro importantes peças, já que Kieza, Guillermo Paiva, Álvaro, Matheus Carvalho estão lesionados, os dois últimos com casos cirúrgicos. Na defesa, o time perdeu Ronaldo Alves com uma lesão no tendão de Aquiles e Diego Silva também foi ausência nos últimos jogos. Os desfalques no time, no entanto, não podem ser encarados como desculpa pelo clube.

“Sinceramente eu não compro o discurso simples e puro das lesões. Se eu fizer isso talvez soe ou alguém possa interpretar que os jogadores que entraram em campo não estão no mesmo nível dos outros, é complicado buscar uma desculpa ou até mesmo achar uma solução para esse momento complicado”, analisou Ítalo Rodrigues.

RESPONSABILIDADE

Ítalo Rodrigues ainda analisou a importância da diretoria também assumir uma parcela de culpa pelo momento negativo do time na temporada. Para o dirigente alvirrubro, a responsabilidade é de todos: jogadores, comissão técnica e diretoria.

“É importante todo mundo assumir a responsabilidade. Eu sou o profissional que cuida do futebol do clube e a gente precisa estar aqui para responder as perguntas que são contestadas para que o torcedor tenha acesso as respostas e que a gente busca aquilo que é melhor para o clube e para o futebol que a gente consiga desenvolver daqui para frente”, destacou o executivo de futebol alvirrubro.

Últimas notícias