Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Copa América é adiada para 2021 por conta do coronavírus

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 17/03/2020 às 11:24
Copa América foi adiada para 2021. Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem
Copa América foi adiada para 2021. Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem
Leitura:

A Copa América entrou na lista das competições adiadas por conta do coronavírus. Na manhã desta terça-feira, um comitê da Conmebol  oficializou a suspensão do torneio, que foi remarcado para acontecer entre os dias 11 de junho e 11 de julho de 2021. O evento começaria no próximo dia 12 de junho.

A alteração da Copa América segue os passos da Uefa, que também determinou o postergamento da Eurocopa para o próximo ano.

A competição continental de 12 seleções vai ser disputada entre os dias 11 de junho a 11 de julho de 2021, na Colômbia e na Argentina, definidas anteriormente como sedes do torneio. Elas estão mantidas, assim como os grupos e o formato de disputa.

No sorteio realizado anteriormente, o Brasil, o atual campeão da Conmebol, havia sido apontado como cabeça de chave do Grupo B, ao lado da anfitriã Colômbia e também de Equador, Peru, Venezuela e do Catar, convidada do torneio, assim como a Austrália, que está na outra chave a A, da Argentina.

LEIA MAIS

> Emprestado pelo Sport, Juninho marca gol na vitória do Guarani em clássico contra Ponte Preta

> Liga decide suspender Copa do Nordeste devido ao coronavírus

> Campeonato Pernambucano é suspenso por tempo indeterminado

> Torcedor do Sport tem incentivo para se associar, sem taxa, pela internet

> Campeonatos Paulista, Mineiro e Gaúcho estão suspensos por conta do coronavírus

>> Ouça tudo sobre o impacto do coronavírus no futebol internacional no Liga do Escrete 

DECISÃO

De acordo com a Conmebol, a decisão foi adotada com o apoio dos presidentes das federações que a compõem, além dos governos dos países-sede, destacando que nesse momento a prioridade é proteger a saúde e a segurança das seleções, torcedores, imprensa e dos cidadãos.

"É uma medida extraordinária para uma situação inesperada e, portanto, responde à necessidade fundamental de evitar uma evolução exponencial do vírus; presente já em todos os países das Associações Membro da Confederação. Para a CONMEBOL não foi fácil tomar essa decisão, mas devemos sempre proteger a saúde dos nossos atletas e de todos os agentes que fazem parte da grande família do futebol sul-americano", disse Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

O dirigente também indicou que a Uefa foi consultada para a tomada da decisão. Anteriormente, a Conmebol havia decidido ajustar o seu torneio de seleções ao calendário da Uefa, que também precisou adiar a Eurocopa. "Agradecemos também a Uefa e seu presidente, Aleksander Ceferin, pelo trabalho conjunto e pela decisão coordenada de postergar a Eurocopa 2020 em benefício de toda a família do futebol", acrescentou o dirigente sul-americano.

A Copa América não é a única competição sul-americana afetada pelo surto de coronavírus. Anteriormente, o início das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, que teriam os primeiros jogos disputados de 27 a 31 de março, foram adiados, com data a definir. E os jogos da Copa Libertadores, que teria mais uma rodada da fase de grupos nesta semana, também foram suspensos.

Últimas notícias