Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Memória: relembre, na voz de Adilson Couto, a vitória do Náutico contra o São Paulo em 2008

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 17/04/2020 às 18:47
Golaço de Martinez deu a vitória ao Náutico. Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem
Golaço de Martinez deu a vitória ao Náutico. Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem
Leitura:

Dando sequência a série Memória, que relembra jogos marcantes do futebol pernambucano com narrações históricas do Escrete de Ouro, da Rádio Jornal, o escolhido desta sexta-feira é a vitória do Náutico por 2x1 contra o São Paulo, em um duelo válido pelo Campeonato Brasileiro da Série A de 2008. Com gols de Radamés e Everaldo, o Timbu virou para cima do Tricolor - que seria campeão da competição no fim do ano - e conquistou uma das grandes vitórias daquela temporada. A narração dos gols alvirrubros é do saudoso Adilson Couto, o Grau 10.

O JOGO

O primeiro lance perigoso do jogo foi do São Paulo. Aloísio completou o cruzamento para o fundo do gol, mas estava impedido. Aos 18 minutos, foi a vez do Náutico responder com o chute de Felipe, que acabou indo para fora. Aos 19', a resposta do Tricolor. E foi fatal. Ticão saiu jogando errado, Joilson lançou para Hernanes, que, dominou, driblou o próprio Ticão e cruzou para Borges escorar e abrir o placar para os paulistas.

No entanto, a alegria tricolor durou pouco. Isso porque aos 22', Ruy cobrou falta e Radamés cabeceou sem chances para a defesa do goleiro Rogério Ceni. Os jogadores do São Paulo pediram impedimento, mas o volante estava em posição regular. A última boa oportunidade caiu nos pés do Náutico, mas o atacante Felipe chutou para fora aos 27'.

LEIA MAIS

Gilmar Dal Pozzo revela que reforços chegam em condições diferentes no Náutico

Sem poder fazer cirurgia, Matheus Carvalho projeta retorno com o Náutico na Série A

Presidente do Náutico explica sobre a venda dos direitos internacionais de transmissão do Brasileirão

SEGUNDO TEMPO

A primeira chance do Náutico na etapa final veio logo aos 5'. Wellington chutou forte e o goleiro Rogério Ceni espalmou. No entanto, aos 12', o estádio dos Aflitos explodiu. O zagueiro Everaldo soltou uma bomba de fora da área e marcou um golaço, virando o jogo para o Timbu. Aos 16', a equipe alvirrubra por pouco ampliou o marcador. Radamés cobrou falta, a bola resvalou nas mãos de Ceni, na trave e foi para fora. Com a desvantagem no placar, o São Paulo foi para cima, mas nada que tirasse a vitória pernambucana.

ESCALAÇÕES

Náutico: Eduardo; Ruy, Vagner Silva, Negretti e Everaldo; Ticão, Radamés, Paulo Santos (Tiago), e João Paulo (Itaqui); Felipe (Gilmar) e Wellington. Técnico: Leandro Machado

São Paulo: Rogério Ceni; Joilson (Éder Luís), André Dias, Miranda (Juninho) e Richarlyson; Hernanes, Zé Luís, Hugo e Jorge Wagner; Borges e Aloísio. Técnico: Muricy Ramalho

OUÇA OS GOLS NA VOZ DE ADILSON COUTO

 

 

Últimas notícias