Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Volante da seleção brasileira se descobre na ioga durante pandemia

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 22/04/2020 às 19:03
Thaísa (E) desafiou Marta (D) em um leilão para ajudar instituições que trabalham para amenizar o impacto da covid-19 nas periferias brasileiras. Foto: AFP
Thaísa (E) desafiou Marta (D) em um leilão para ajudar instituições que trabalham para amenizar o impacto da covid-19 nas periferias brasileiras. Foto: AFP
Leitura:

Vários atletas voltaram para o Brasil para ficar com as famílias durante o distanciamento social necessário para evitar a propagação ainda maior do novo coronavírus. A volante Thaisa, da seleção brasileira e do CD Tacon, porém, ficou em Madri. Ao site da CBF, ela explicou como está a rotina sozinha em casa.

O contato com a família e amigos fica por conta das videochamadas. Para passar o tempo, a volante procura receitas novas na internet e testa em sua cozinha. Mas, ela descobriu outro hobby durante o isolamento: a ioga.

LEIA MAIS:

>Gareth Bale doa 500 mil libras para hospital contra covid-19

>Seleção brasileira arrecada R$ 5 milhões para famílias carentes

>Itália tomará decisões sobre o retorno do futebol “nos próximos dias”

"Descobri que gosto de fazer ioga. Achava uma chatice, mas percebi que faz muito bem para a cabeça e para o corpo", destacou Thaisa. Ela associa a prática a treinos para manter a forma, com exercícios de salto e usando o peso do corpo em trabalhos funcionais. Afinal, o único espaço em que pode fazer isso é a sala de casa.

Como ainda sobra um pouco de tempo, ela também se dedica a algumas séries. "Eu assisti uma série chamada The English Game, é sobre como começou do futebol na Inglaterra, tenho certeza que qualquer amante do futebol irá adorar", indicou.

A Espanha registrou, até esta quarta-feira (22), 208.389 casos da doença, com quase 22 mil óbitos. A capital Madri tem a maioria dos casos, com cerca de 60 mil pessoas acometidas pelo vírus e 7,5 mil mortes. No Brasil, são 45.757 diagnósticos confirmados e 2.906 óbitos.

No final do mês de março, a volante colocou uma camisa da seleção brasileira usada por ela para leilão. O valor será doado para instituições que trabalham em periferias brasileiras para diminuir o impacto da covid-19. Ela desafiou ainda a atacante Marta, o ex-jogador Amoroso e a zagueira Daiane a participar.

"Minha mensagem é que sejamos muito solidários uns aos outros, mais do que nós brasileiros já somos normalmente. É um momento de enfrentarmos juntos essa crise, porque só assim vamos conseguir sair vitoriosos dessa guerra", completou Thaisa.

Últimas notícias