Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Relembre, na voz de Adilson Couto, show de Kuki contra o Sport pelo Estadual de 2005

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 07/05/2020 às 19:04
Kuki é um dos maiores da história do Náutico. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Kuki é um dos maiores da história do Náutico. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Dando prosseguimento a série Memória, que relembra jogos marcantes do futebol pernambucano com narrações marcantes do Escrete de Ouro da Rádio Jornal,  o escolhido desta quinta-feira é a vitória do Náutico por 4x2 contra o Sport, nos Aflitos, em um duelo válido pelo Campeonato Pernambucano de 2005. Com três gols de Kuki, o Timbu venceu o Leão e seguiu vivo na disputa pelo título Estadual daquele ano. A narração é do saudoso Adilson Couto, o Grau 10.

O JOGO

Em um duelo válido pelo segundo turno do Estadual daquele ano, o jogo valia muito para as duas equipes. Isso porque o vencedor continuaria vivo na briga pelo título, enquanto o perdedor daria adeus ao torneio. Além da classificação, o Timbu ainda teria o gostinho a mais de eliminar o Sport no ano do centenário do clube.

Logo aos quatro minutos, Kuki recebeu lançamento de Marco Aurélio e bateu na saída do goleiro Maizena. No entanto, aos 24, o Sport empatou o jogo com um belo chute de Cleiton Xavier. E virou aos 41 com gol de Vinicius. O Timbu foi para o intervalo perdendo, mas o melhor para os Alvirrubros ainda iria acontecer.

LEIA MAIS

Vice-presidente do Náutico cobra kits de segurança da CBF

Guillermo Paiva avalia início no Náutico e relata rotina em meio à pandemia

Narrador Luís Roberto relembra causos com Escrete de Ouro

SEGUNDO TEMPO

Mas a noite era alvirrubra. Logo aos 11 da etapa final, Kuki completou o cruzamento e empatou o jogo - o baixinho estava impedido, mas o gol foi validado. Nesse lance, muita reclamação por parte dos jogadores do Sport, que alegavam que a falta no começo da jogada havia sido cobrada antes do apito do árbitro. Resultado da confusão: Reinaldo Aleluia e Fabinho expulsos pelo Leão.

Com dois a menos, o Leão sucumbiu. Aos 24, William emendou uma bicicleta e virou a partida para o Náutico. Um pouco depois do terceiro gol alvirrubro, Léo Oliveira foi expulso, deixando o Sport com três a menos. E aí coube ao dono do jogo fechar o placar e enterrar o sonho rubro-negro de ser campeão pernambucano no centenário.

Aos 34, Kuki aproveitou a saída falha de Maizena e marcou o quarto gol do Náutico, o terceiro do artilheiro alvirrubro, que deixou o Timbu vivo na briga pelo título estadual e tirou o Sport da jogada. Após tomar o quarto gol, a equipe rubro-negra ainda teve o zagueiro Sandro expulso. Ao fim do jogo, festa alvirrubra nos Aflitos e lamento leonino.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO: Nilson; Davi, Flaviano, Batata e Marquinhos (Arthur); Luciano, Galo, Williams (Paulinho) e Marco Aurélio (Aílton); Rena e Kuki. Técnico: Mauro Galvão.

SPORT: Maizena; Russo (Sérgio), Sandro, Léo Oliveira e Fabinho; Cleisson, Leanderson, Lúcio (Pedro Neto) e Cleiton Xavier; Reinaldo Aleluia e Vinícius (Clécio). Técnico: Adilson Batista.

OUÇA OS GOLS NA VOZ DE ADILSON COUTO

 

 

 

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Últimas notícias