Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

Pai de meia afirma que filho não sofreu discriminação no Santa Cruz: 'foi apenas o batismo'

Blog do Torcedor
Blog do Torcedor
Publicado em 07/07/2020 às 19:03
Foto: Rafael Melo/ Santa Cruz
Foto: Rafael Melo/ Santa Cruz
Leitura:

O novo visual de Felipe Simplício, de cabelo curto, gerou uma repercussão nas redes sociais. Entretanto, não se limitou ao estilo adotado com o cabelo curto, mas também à forma como aconteceu essa "despedida" do meio-atacante de sua vasta cabeleira. Na coletiva concedida à TV Coral no último domingo (5), o prata da casa tricolor falou que Itamar Schulle teria "dado um prazo" para ele cortar o cabelo. Algo visto nas redes sociais como um autoritarismo do comandante coral.

Entretanto, o pai do atleta, Aluízio Simplício Júnior, que foi jogador dos juniores do Santa Cruz nos anos de 1994 e 1995, tratou de descartar qualquer polêmica envolvendo o seu filho e negou qualquer tipo de mal estar que teria ficado após o "trote" que o elenco tricolor fez com Felipe Simplício. "Não houve nada disso de discriminação. Foi apenas o batismo no futebol. Quem jogou sabe que os meninos que sobem da base para o profissional, geralmente, raspam o cabelo. Não foi diferente no Santa Cruz com Felipe Simplício. Desde o jogo contra o ABC (em fevereiro, na estreia de Felipe pelo profissional), os jogadores diziam que iam cortar o cabelo dele. Mas acabou passando, veio a pandemia e agora nessa volta o pessoal se reuniu e fizeram o batismo dele. Normal. Ninguém ficou chateado. Ele levou numa boa. Tudo tranquilo", declarou Aluísio Simplício Júnior, em entrevista ao repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal.

Ainda de acordo com o pai de Felipe Simplício, nenhuma maldade e que o seu filho já está procurando um novo estilo de cabelo para adotar. "Está tudo de boa. Agora é Felipe Simplício. Ele já está procurando um novo visual. Não teve nada de maldade por parte de ninguém da comissão e dos jogadores. Foi apenas um batismo que é normal no futebol", declarou.

O próprio Felipe Simplício, na coletiva, brincou com o episódio. "Estou me adaptando ao visual. Gostei do estilo que estou agora. Não vou mentir e falar que queria de volta (a cabeleira), mas vou tentar me adaptar cada vez mais e ver qual estilo vai ficar mais bonito", brincou o meia-atacante tricolor.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias