Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

"Ganhar é o céu, perder é o inferno", diz presidente do Sport sobre as oscilações no futebol

Blog do Torcedor Blog do Torcedor
Blog do Torcedor
Blog do Torcedor
Publicado em 07/09/2020 às 14:04
Milton Bivar se pronunciou pelo Twitter. Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife
Em entrevista à Rádio Jornal, o presidente do Sport, Milton Bivar, mostrou seu descontentamento com o desempenho do Sport - FOTO: Milton Bivar se pronunciou pelo Twitter. Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife
Leitura:

A vitória por 2x1 do Sport sobre o Goiás, na noite do domingo, marcou o início de uma sequência positiva na Série A do Brasileiro para o time rubro-negro. O Leão saltou da zona de rebaixamento para a o nono lugar da tabela de classificação e passa a traçar metas ambiciosas na temporada.  De acordo com o presidente Milton Bivar, é natural que os times apresentem oscilações em um campeonato de pontos corridos e de longa duração. O mandatário garantiu que o Sport agora mira a manutenção dos resultados.

>> Autor do gol da vitória, Marquinhos reitera que permanece no Sport

>> Barcia destaca momento do Sport: "Ir jogo a jogo" 

>> Jair Ventura reafirma que situação de Sander está resolvida no Sport

>> Sport supera o Goiás e passa a 9º no Brasileiro 

Em entrevista ao programa Bate Rebate, da Rádio Jornal, Milton Bivar explicou que o futebol profissional é composto por quatro pontos importantes e que a gestão de um clube é o resultado de um trabalho coletivo.

"É como eu sempre falo, o time de futebol não se faz da noite para o dia. Não se faz sozinho. É feito por um grupo, envolve treinadores, jogadores, diretores, presidente. Pessoas que trabalham e se falam 24h por dia visando o melhor para o clube. E volto a frisar, futebol são quatro "ção". O primeiro é a contratação: tem que contratar bem. Depois tem que preparar bem e aí vem a questão do jogo. Aí vem a escalação. Hoje importantíssimo são as substituições, até que esse ano é atípico e a gente pode fazer até 5 substituições. Isso pode mudar, dar garantia, é fundamental ter esse entendimento para que se faça essas substituições. Em seguida a gente entra na fase de manutenção. E eu posso dizer ao torcedor que estamos no início. Não estamos no fim. E como se fala o dito popular: "ganhar é o céu, perder é o inferno",  argumentou o mandatário rubro-negro.

O Sport tentará manter a sequência de triunfos na Série A na próxima quarta-feira, quando tem duelo marcado contra o Fortaleza, na Arena Castelão, às 18h.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Últimas notícias