Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

De virada e fora de casa, Santos garante vaga nas oitavas da Libertadores e complica Olimpia

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 02/10/2020 às 6:04
O atacante pernambucano Kaio Jorge vem se destacando  no Santos. Foto: AFP
O atacante pernambucano Kaio Jorge vem se destacando no Santos. Foto: AFP
Leitura:

AFP - O Santos venceu de virada o paraguaio Olimpia por 3 a 2 e com este resultado garantiu vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores, que deste ano até 2022 tem transmissão exclusiva do SBT na TV aberta, em partida disputada nessa quinta-feira no estádio Manuel Ferreira, em Assunção (Paraguai), pela quinta rodada do Grupo G do torneio.

Os gols do Peixe foram marcados pelo uruguaio Carlos Sánchez (aos 15, de pênalti), Marinho (40) e Kaio Jorge (59), enquanto Jorge Recalde fez os dois para os donos da casa (22 e 34).

Esta vitória deu à equipe paulista a vaga para a próxima fase com uma rodada de antecedência, graças aos 13 pontos marcados e a liderança da chave, sem chances de ser alcançada pelos adversários.

Já a equipe paraguaia está em terceiro, com cinco unidades, a um ponto do vice-líder, o argentino Defensa y Justicia, que foi derrotado nesta quinta por 3 a 0 jogando fora de casa com o lanterna equatoriano Delfin, que possui quatro pontos.

DUAS VIRADAS

A equipe brasileira entrou em campo mostrando iniciativa, avançando pelas laterais e pressionando o time paraguaio.

Com oito minutos, o atacante Marinho assustou os adversários ao mandar uma bomba que passou à direita do goleiro Azcona.

Pouco tempo depois, o zagueiro Madson invadiu a área do Olimpia e sofreu pênalti ao ser derrubado pelo meia Recalde.

O meia Carlos Sánchez foi para cobrança e balançou as redes (15), encerrando assim uma "seca" de gols que o acompanhava desde fevereiro.

Mas a vantagem no placar acabou acomodando os visitantes, que se retraíram muito, permitindo os avanços dos adversários.

Assim, aos 21, surgiu a oportunidade de Recalde se redimir do pênalti que provocou. Ele recebeu um lançamento na área, passou por Madson e empatou.

LEIA MAIS

> Com Libertadores, SBT conquista a liderança no RJ com 55% de vantagem e chega aos 12 pontos em SP

> Lazio e Atalanta fazem duelo dos times ambiciosos do Campeonato Italiano

> Neymar aparece em lista de devedores de impostos na Espanha com dívida de 34 milhões de euros

> “Devemos nos unir”, afirma Messi sobre o Barcelona

> Jogador do Tottenham confirma que deixou o campo para ir ao banheiro: ‘Natureza chamando’

> Tottenham elimina Chelsea nos pênaltis na Copa da Inglaterra

O time santista seguiu dando muitos espaços para o clube do Paraguai, que passou a dominar a partida.

De tanto insistir, o gol da virada dos donos da casa chegou logo. Após passe dentro da área do Santos, Recalde matou no peito e tocou no canto, sem chances para o goleiro João Paulo (22).

Quando a situação parecia complicada para os brasileiros, brilhou novamente a estrela de Marinho. O atacante cobrou falta e a bola foi direto para as redes (40), numa falha do goleiro Azcona que permitiu manter a rotina de gols do camisa 11 do Peixe neste ano.

Já no segundo tempo, quem passou a se destacar foi João Paulo, com grandes defesas, a primeira aos 51 minutos, segurando a pressão paraguaia.

Quando o Santos conseguiu equilibrar as ações, veio o gol da segunda virada da partida. O jovem atacante Kaio Jorge recebeu excelente passe de Sánchez dentro da área, deixou o goleiro no chão e finalizou com tranquilidade, fazendo seu segundo gol como profissional e colocando novamente o clube santista à frente no placar (59).

Apesar da desvantagem, o Olimpia não se abateu e quase empatou em lance lindo. O zagueiro Leguizamóm emendou de bicicleta obrigando João Paulo a operar um milagre para evitar um golaço (69).

E o goleiro brasileiro voltou a mostrar competência ao defender duas cabeçadas fulminantes do atacante Montenegro (77 e 83).

O time dirigido pelo técnico teve sangue frio para segurar o resultado diante de um adversário que lutou até o fim, com direito a gol anulado de Recalde, por impedimento  (85).

Com a vaga garantida, o Santos vai cumprir tabela na sexta e última rodada da chave, quando receberá o Defensa y Justicia na Vila Belmiro, no dia 20 de outubro. No mesmo dia, o Olimpia pode se classificar para as oitavas se vencer o Delfin e a equipe argentina empatar ou perder para o Peixe.

Últimas notícias