Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Veja como foi o nascimento da filha de Bryan, em parto feito pelo próprio jogador do Náutico

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 02/10/2020 às 13:59
Mãe, pai e bebê tiveram um grande começo de dia. FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Mãe, pai e bebê tiveram um grande começo de dia. FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Leitura:

Lateral-direito do Náutico e mais novo pai, Bryan agradeceu o carinho de todos que o felicitaram pelo nascimento da filha Cecília na manhã dessa quinta-feira (1º). A parte curiosa da história é que o lateral-direito saiu da função de atleta de futebol para realizar o parto da esposa Mylenna, na portaria do próprio prédio.

"Estamos todos felizes pelas mensagens, pelo apoio. Estamos com o coração aberto para todos vocês. A gente agradece pelo carinho de todos", disse Bryan, que estava ao lado da sua esposa e filha. Confira como aconteceu o nascimento de Cecília pelas imagens do prédio que o lateral alvirrubro mora:

Leia Mais

>> Improvisado de parteiro, lateral Bryan realiza parto da esposa

Segundo o atleta do Timbu, Mylenna havia avisado que sua bolsa estourou às 5h30, mas que não estava com tantas dores e daria tempo de chegar ao hospital. Mas o casal foi surpreendido após a mãe sair do banho. Ela começou a sentir contrações mais fortes, chegando ao ponto de Bryan dançar com Mylenna para tentar distraí-la e aliviar as dores.

O atleta desceu pelo elevador com a esposa, apoiando-a no braço, mas ela não aguentava mais andar e se sentou em um sofá no hall de entrada do prédio. Ele mandou um dos porteiros buscar o carro dele do lado de fora, já que não poderia deixar Myllena sozinha naquela situação. Bryan tentou carregá-la no colo até o seu carro, mas Cecília já estava por vir.

Bryan colocou Myllena no chão e ajudou no processo do parto. “Coloquei a mão e a cabeça já estava do lado de fora. A neném já veio e se jogou nos meus braços”, relembrou o pai.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Últimas notícias