Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Artilheiro do Náutico, Jean Carlos fala sobre seca de gols da equipe na Série B

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 12/10/2020 às 22:45
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Sem conseguir reagir na Série B, o Náutico chegou na sua quinta partida sem marcar gols após a derrota por 2x0 para a Ponte Preta nesta segunda-feira (12), nos Aflitos. Artilheiro da equipe alvirrubra, com 10 gols marcados, Jean Carlos avaliou o desempenho do Timbu durante a partida contra a equipe paulista e já visa a próxima rodada, contra o Oeste.

"Criamos bastante no primeiro tempo... conseguimos impor nosso ritmo, mas infelizmente não conseguimos fazer o gol. Depois tomamos o primeiro, tivemos que sair para tentar fazer os nossos, mas acabamos tomando o segundo", lamentou o camisa 10.

O Náutico não balança as redes desde o dia 18/09, no empate por 1x1 contra a Chapecoense, nos Aflitos. O atacante Kieza foi o autor do gol alvirrubro, na partida.

Leia Mais

>> Náutico perde nos Aflitos para Ponte Preta e completa seis jogos sem vencer na Série B

>> Náutico estreia padrão novo em partida contra a Ponte Preta

>> Acompanhe o Tempo Real de Náutico x Ponte Preta

O Timbu irá enfrentar o Oeste na terça-feira da próxima semana (20/10) em Barueri, São Paulo. Sem a definição das demais partidas da 16ª rodada, o Náutico está na 15ª colocação da Série B, com 15 pontos conquistados. A equipe alvirrubra pode chegar à zona de rebaixamento, dependendo de uma combinação de resultados das equipes de colocações abaixos do Timbu.

"A gente sabe do trabalho que vem sendo feito. Precisamos voltar a vencer para dar uma resposta para a nossa torcida e para a gente, mesmo. Porque é difícil, vários jogos que não fazemos gol e não conseguimos vencer. Não podemos baixar a cabeça. Terça-feira tem outro (jogo) e precisamos reagir logo", completou Jean Carlos.

Últimas notícias