Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Veja o fraco desempenho dos atacantes do Náutico na Série B

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 13/10/2020 às 15:28
FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IAMGEM
FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IAMGEM
Leitura:

Na 15ª colocação da Série B do Campeonato Brasileiro, sem vencer há seis jogos, o Náutico, definitivamente, não vive um bom momento. Não bastasse toda essa instabilidade, o setor de ataque também virou motivo de preocupação. Isso porque os atacantes do Timbu tem apresentado um mau desempenho durante toda a competição, além de não marcar há cinco partidas. O último gol marcado por um homem do setor de frente alvirrubro foi no dia 18 de setembro, quando Kieza abriu o placar no jogo que terminou empatado por 1 a 1 contra a Chapecoense, nos Aflitos. 

De lá para cá, o Náutico teve um jogo adiado contra o Sampaio Corrêa, um empate contra o Paraná e derrotas para Cuiabá, Confiança, América Mineiro e Ponte Preta, com nenhum gol marcado nessas partidas. O desempenho acendeu o sinal de alerta, já que o Timbu pode acabar entrando na zona de rebaixamento em caso de vitória do Guarani, Figueirense ou Cruzeiro nesta terça-feira. 

LEIA MAIS:

>> Veja quem o Náutico precisa secar para não entrar na zona de rebaixamento da Série B nesta rodada

>> Auxiliar admite oscilação do Náutico na derrota diante da Ponte Preta

>> Artilheiro do Náutico, Jean Carlos fala sobre seca de gols da equipe na Série B

>> Náutico perde nos Aflitos para Ponte Preta e completa seis jogos sem vencer na Série B

Ao todo na competição, estiveram em campo os atacantes Kieza, Erick, Dadá Belmonte, Thiago, Guillermo Paiva e Salatiel, além do meia-atacante Dudu, que foi contratado recentemente e esteve em campo em três oportunidades. Juntos eles marcaram sete dos 13 gols do alvirrubro na Série B, o que representa pouco mais de 50%. No entanto, se comparado aos demais participantes, apenas Chapecoense (11), Brasil de Pelotas (12), Botafogo-SP (9), Figueirense (9) e Oeste (9) marcaram menos que o Náutico na Segundona, além do América-MG que também marcou 13 gols.

PODCAST

Acompanhe o na Cara do Gol, podcast da Rádio Jornal sobre o futebol pernambucano. No episódio desta semana, análise do péssimo momento do Náutico na Série B. Apresentação de Alexandre Costa, comentários de Lilian Fonseca, Antônio Gabriel e Marcos Leandro.

 

CONFIRA O DESEMPENHO DOS ATACANTES NA SÉRIE B:

Kieza

7 jogos

568 minutos em campo

2 gols marcados

Média de 0,29 gols por jogo

 

Erick

14 jogos

850 minutos em campo

2 gols marcados

Média de 0,14 gols por jogo

 

Guillermo Paiva

9 jogos

346 minutos

1 gol marcado

Média de 0,11 gols por jogo

 

Dadá Belmonte

14 jogos

650 minutos em campo

2 gols marcados

Média de 0,14 gols por jogo

 

Thiago

12 jogos

471 minutos em campo

Nenhum gol marcado

 

Salatiel

10 jogos

575 minutos em campo

Nenhum gol marcado

 

Últimas notícias