Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

"Empate caiu do céu para o Cruzeiro", afirma auxiliar técnico do Náutico

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 25/10/2020 às 20:32
Defesa do Náutico esteve bem quase todo o jogo, mas falha no fim foi crucial. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Defesa do Náutico esteve bem quase todo o jogo, mas falha no fim foi crucial. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Diagnosticado com covid-19, o técnico Gilson Kleina foi substituído na beira do gramado no duelo entre Náutico e Cruzeiro pelo auxiliar Juninho Lola. Segundo o assistente, o empate deste domingo com o Timbu "caiu do céu" para o adversário mineiro. Na visão dele, o time alvirrubro teve uma melhor performance no embate válido pela 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e merecia ter obtido o resultado positivo. Ele ainda destacou os lances perdidos pelos atacantes Kieza e Erick, que quase marcaram no primeiro e segundo tempo, respectivamente.

"O Cruzeiro pressionou a gente apenas na bola aérea no segundo tempo. Só deu um chute no gol. Na partida toda, os zagueiros deles tiraram duas bolas nossas em cima da linha. Tivemos mais envolvimento na partida. Esse empate caiu do céu para o Cruzeiro. Quem propôs o jogo, teve mais jogadas perigosas foi o Náutico. Eles foram só ligação direta e bola parada. Acho que o Náutico fez uma grande partida", afirmou o auxiliar, que também admitiu a falha de marcação no gol sofrido. Confira os gols com o canal de streaming Dazn:

LEIA MAIS

> Náutico vacila no fim e empata com Cruzeiro nos Aflitos pela Série B

> Confira lance a lance do empate do Náutico com o Cruzeiro nos Aflitos

Por causa do empate do Figueirense com o Juventude em Santa Catarina, o Náutico conseguiu escapar de entrar na zona de rebaixamento. Porém, ficou na 16ª posição com 19 pontos a um ponto do Z-4. Nos próximos 21 confrontos, o Timbu precisa de aproximadamente oito vitórias para garantir a permanência. O primeiro turno já acaba na próxima rodada.

O Náutico visita o CSA, no sábado, em Maceió. Para Juninho Lola, os alvirrubros apresentam grandes possibilidades de obter uma vitória fora de casa. O auxiliar ainda lamentou novamente o empate nos Aflitos com o Cruzeiro.

"Se tivesse que um time vencer, seria o Náutico. As chances mais perigosas foram nossas. Mas, temos que pensar jogo a jogo. O próximo confronto é contra o CSA, fora de casa, e temos tudo para fazer uma boa partida lá. Na medida que a gente obtenha os resultados, vamos ganhando confiança. Hoje (domingo) tínhamos a chance de começar uma sequência, mas não veio. Só que em breve vamos conseguir, pois estamos trabalhando muito para buscar o nosso objetivo", disse Juninho Lola.

CRUZEIRO: Felipão garante planejamento para a equipe voltar a vencer, mas alerta: “tive pouco tempo para treinar..."

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Últimas notícias