Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

Surto de covid, 21 desfalques e goleiro na linha: São Bento supera adversidades e empata contra o Criciúma

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 27/10/2020 às 14:24
São Bento entrou em campo com apenas um jogador no banco de reservas. Foto: Reprodução/Twitter
São Bento entrou em campo com apenas um jogador no banco de reservas. Foto: Reprodução/Twitter
Leitura:

Superação. Essa é a palavra que define o empate heroico do São Bento diante do Criciúma por 0 a 0 na noite dessa segunda-feira (26), no estádio Walter Ribeiro, em partida válida pela 12ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Devido a um surto de covid-19, o time paulista teve um total de 21 desfalques para o duelo, sendo 15 jogadores que testaram positivo para o coronavírus, dois afastados com sintomas, três lesionados e um suspenso. Mesmo com todas adversidades, o São Bento segurou o empate com apenas o goleiro Lucas Macanhan no banco de reservas, que precisou entrar em campo como atacante aos 38 do segundo tempo.

A partida ficará marcada para sempre na história do futebol brasileiro como o retrato das consequências ocasionadas pela pandemia da covid-19 não apenas pelos 21 desfalques, mas também pelo fato atípico de ter que colocar um goleiro para atuar na linha como atacante. Mesmo com a tentativa de adiamento da partida, o São Bento teve o pedido negado junto à CBF, que alegou que os atletas lesionados não entram na conta do protocolo estabelecido pela entidade.

Com isso, foi para campo com apenas 13 jogadores disponíveis. Antes do apito inicial, os jogadores do São Bento se ajoelharam em forma de protesto contra a realização da partida, além de utilizar máscaras nos 30 segundos iniciais de jogo. Com a bola rolando, o time paulista contou com a sorte, já que o Criciúma teve um jogador expulso ainda na primeira etapa. Neste contexto, a equipe azulina conseguiu, inclusive, ameaçar algumas vezes a meta defendida pelo goleiro Agenor. 

LEIA MAIS:

Santa Cruz oficializa renovação com o meia Didira

Luiz Fernando sofre lesão e pode desfalcar o Santa Cruz por até três semanas

Nei Pandolfo exalta grande momento do Santa Cruz na temporada

O resultado, no entanto, é o que menos importa. Depois da partida, o técnico do São Bento, Edson Vieira, desabafou sobre a situação. Segundo ele, antes do surto, o time chegou a viajar com a delegação completa para o duelo diante do Brusque, no dia 18 de outubro, mas na volta, 15 jogadores foram constatados com a doença, mesmo com todos os protocolos sendo seguidos pelo clube. “O inimigo é invisível, não tem como dar dura no São Bento. É inacreditável dizerem que o São Bento não se cuidou. Temos que ter honra, jogamos sem trapaça, com respeito ao que foi pedido. Foi uma semana muito dura para nós”, lamentou o técnico.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Final de jogo em Sorocaba, São Bento 0 x 0 Criciúma. Nossos 12 guerreiros entraram em campo para honrar nossa história. ??? #12guerreiros

Uma publicação compartilhada por Esporte Clube São Bento (de ?) (@ecsaobento1913) em

O ponto conquistado com sabor de vitória não foi suficiente para tirar o São Bento da zona de rebaixamento do grupo B, mas pelo menos amenizou a situação do clube, que ainda deixou a lanterna, atingindo os mesmos nove pontos do Boa Esporte, mas levando vantagem no saldo de gol (-4 contra -5 do time mineiro). Agora, o time volta a campo no próximo domingo, às 16h30, para enfrentar o Ypiranga-RS, pela 13ª rodada da Série C. Para a partida, a tendência é que ao menos 12 dos 15 jogadores que testaram positivo para a covid-19 possam estar disponíveis novamente.

Últimas notícias