Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Maradona deve passar por cirurgia para retirar coágulo no cérebro, afirma jornal argentino

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 03/11/2020 às 18:34
Maradona comandava o Gimnasia La Plata no Campeonato Argentino. FOTO: Demian ALDAY ESTEVEZ / POOL / AFP
Maradona comandava o Gimnasia La Plata no Campeonato Argentino. FOTO: Demian ALDAY ESTEVEZ / POOL / AFP
Leitura:

O campeão mundial argentino Diego Maradona, de 60 anos, deve ser operado nas próximas horas na Argentina. É o que afirma o jornal Clarín, de Buenos Aires. O craque foi diagnosticado com um hematoma subdural, que é o acúmulo de sangue no cérebro e no seu revestimento externo vindo de alguma pancada na cabeça, que pode gerar o rompimento de vasos sanguíneos - situação da qual o ídolo portenho não se lembra de ter passado - e que gerou um coágulo no órgão.

LEIA MAIS

>> ‘Não tenho dificuldades’ para trabalhar com Messi, diz Koeman

>> Alvo de críticas, Íbis segue líder na Série A2 e vive crise por estar vencendo demais

>> Saiba onde assistir à 3ª rodada da Liga dos Campeões da UEFA

>> Tite faz nova convocação e chama Felipe e Diego Carlos para a seleção brasileira

>> Mbappé desfalca PSG contra o RB Leipzig pela Liga dos Campeões

Atualmente treinando o Gimnasia y Esgrima, Maradona está acompanhado no hospital por sua filha e aguarda o procedimento, do qual já se mostrou de acordo em passar. O médico particular do craque, doutor Leopoldo Luque, explicou como deve ser a intervenção. "É uma cirurgia de rotina. Não mudou o panorama. Diego segue igual, com a mesma condição clínica, mas com uma causa mais concreta", afirmou ao periódico argentino. A idade do ex-jogador, somado ao uso de drogas no passado e o alto consumo de álcool são fatores de risco para problemas de coágulos no cérebro.

Leopoldo Luque, médico particular de Maradona, explica a situação do ex-jogador. JUAN MABROMATA / AFP

Maradona não vinha bem nas últimas semanas. A situação gerada pela pandemia o deixou com a parte psicológica mais frágil, já que perdeu recentemente um cunhado. Ele vinha se alimentando pouco e se apresentava debilitado. O treinador ficou bastante triste por não ter podido reunir a sua família para comemorar seus 60 anos, completados na última sexta-feira (30). Mesmo aconselhado a ir ao médico, Maradona vinha relutando e até chegou a estar em campo na estreia do Gimnasia y Esgrima no Campeonato Argentino, que venceu o Patronato por 3x0.

O craque argentino está internado em um hospital da cidade de La Plata, mas deve ser transferido para uma clínica de maior porte para que possa passar pela intervenção cirúrgica o quanto antes.

Últimas notícias