Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Veja os pontos fortes e fracos dos rivais do Santa Cruz no quadrangular do acesso

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 07/12/2020 às 19:07
Ituano e Brusque serão os adversários do Santa Cruz que se classificaram do grupo B. Foto: Divulgação/Twitter
Ituano e Brusque serão os adversários do Santa Cruz que se classificaram do grupo B. Foto: Divulgação/Twitter
Leitura:

Após o fim da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro nesse fim de semana, o Santa Cruz conheceu quem serão os seus adversários no quadrangular do acesso. Líder do grupo A com 37 pontos, a chave do Tricolor terá a presença do Vila Nova-GO, que foi o terceiro colocado no mesmo grupo, além de Ituano e Brusque, que foram respectivamente os segundo e quarto colocados no grupo B da competição. Os confrontos serão disputados nas próximas seis semanas, ou seja, durante um mês e meio, o acesso à Série B estará em jogo para a Cobra Coral.

> Veja a fase decisiva da Série C no canal por streaming Danz

No outro chaveamento estarão o Ypiranga-RS (líder do grupo B), o Londrina (terceiro colocado do mesmo grupo), além dos rivais Remo e Paysandu (respectivamente segundo e quarto colocados do grupo A). Nesta fase, as equipes de cada grupo se enfrentam em jogos de ida e volta. Os dois mais bem colocados de cada chave conquistam o acesso à Série B, com os líderes de cada quadrangular disputando o título da competição.

LEIA MAIS:

>> Segundo DAZN, Brusque e Santa Cruz se enfrentam no próximo domingo, às 20h

>> Veja a fase decisiva da Série C do Brasileiro no canal por streaming Dazn

>> Da confirmação para dezembro ao adiamento: um passo a passo sobre as eleições do Santa Cruz

O Santa Cruz estreia fora de casa diante do Brusque, no dia 12 ou 13 deste mês, a depender da confirmação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que deve oficializar o calendário ainda nesta segunda-feira. Depois, encara o Vila Nova-GO (casa) e Ituano (fora). Nos jogos de volta, terá o Ituano (casa), Vila Nova-GO (fora) e fecha o quadrangular do acesso contra o Brusque, no Arruda.

Veja os adversários do Santa Cruz no quadrangular do acesso:

ITUANO

Posição na primeira fase: 2º lugar do grupo B

Pontuação: 29 pontos, oito a menos que o Santa Cruz

Classificado em segundo lugar no grupo B, o Ituano é, teoricamente, o adversário mais complicado para o Santa Cruz na segunda fase. Isso porque além de ser um time tradicional do forte interior paulista, o rubro-negro também possui o melhor retrospecto recente (últimos cinco jogos) entre os participantes da chave. No período, foram quatro vitórias e uma derrota. Se comparado aos demais, o Tricolor e o Vila Nova tiveram duas vitórias, duas derrotas e um empate; enquanto o Brusque teve uma sequência negativa de três derrotas e dois empates. Na primeira fase, o Ituano ficou em segundo lugar do grupo B com 29 pontos em 18 jogos, sendo oito vitórias, cinco empates e cinco derrotas, totalizando 53,7% de aproveitamento.

Chama atenção que a equipe teve um desempenho distinto em cada turno da fase de grupos. Isso porque nos primeiros nove jogos, o rubro-negro teve um aproveitamento baixo, onde conquistou apenas 10 pontos (duas vitórias, quatro empates e três derrotas), que lhe rendeu, na época, a 8ª colocação, a primeira fora da zona de rebaixamento. Para o segundo turno da fase de grupos, no entanto, o Ituano viveu uma verdadeira reviravolta ao vencer seis dos nove jogos possíveis, sendo três fora de casa. Além disso, teve um empate e duas derrotas. Ou seja, somou 19 dos 27 pontos disputados, que lhe rendeu o melhor desempenho nesse período, ao lado do próprio Tricolor do Arruda.

Jogando em seus domínios, no estádio Novelli Júnior, o time perdeu apenas uma partida, na 17ª rodada para o Ypiranga-RS por 2 a 1. Lá, foram quatro vitórias, quatro empates e uma derrota, que lhe rendeu o quinto melhor aproveitamento entre os times mandantes do grupo B. Já fora de casa, o Ituano somou quatro vitórias, quatro derrotas e um empate, resultando no melhor desempenho entre os visitantes do seu grupo. No geral, observa-se que o time apresenta um bom equilíbrio jogando em casa ou fora. Esse fator, portanto, pode ser determinante para sonhar com o acesso à Série B.

Ao todo, foram 28 gols marcados, com uma média de 1,56 gols por jogo. É o terceiro melhor desempenho entre os integrantes do quadrangular, ficando atrás apenas do Santa Cruz, que marcou 32 e do Ypiranga-RS com 31. Já a defesa tomou 20 gols, totalizando uma média de 1,11 tento por jogo. É a terceira pior defesa, atrás do mesmo Ypiranga-RS e do Brusque, que levaram 26 gols. Comandado pelo técnico Vinícius Bergantin desde 2017, o maior goleador do Ituano na Série C é o atacante Luiz Paulo, com quatro gols em 14 jogos. Por outro lado, o atacante Kadu Barone tem a melhor média, com três tentos em sete jogos.

VILA NOVA-GO

Posição na primeira fase: 3º lugar do grupo A

Pontuação: 31 pontos, seis a menos que o Santa Cruz

Classificado em terceiro lugar no grupo A, o Vila Nova-GO é o adversário mais conhecido do Santa Cruz nesse quadrangular do acesso. A equipe, inclusive, bateu o Tricolor por 1 a 0, na 5ª rodada, em Goiás. Na época, foi a primeira derrota do time pernambucano na competição, que ainda tinha Itamar Schulle como treinador. No returno, já sob o comando de Marcelo Martelotte, a Cobra Coral venceu o time goiano por 2 a 0 no Arruda, em partida válida pela 14ª rodada. No geral, o Vila Nova-GO somou 31 pontos em 18 jogos, sendo oito vitórias, sete empates e três derrotas, com um aproveitamento de 57,4%.

Com apenas três derrotas na Série C, o Tigre está entre os times que menos perderam na competição ao lado de Santa Cruz e Remo, que possuem o mesmo número. Isso se reflete no desempenho equilibrado nos dois turnos da competição. O Vila Nova chegou a ficar 10 jogos invictos, entre a 4ª e a 13ª rodada. Só veio perder justamente para o Tricolor, no Arruda, na 14ª rodada. Depois, ainda voltaria a ser batido pelo Botafogo-PB em casa, naquela que foi a única derrota jogando em seus domínios.

O Vila Nova se mostrou um ótimo mandante, já que conquistou 20 dos 27 pontos disputados no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA) ou no Olímpico de Goiânia, onde venceu a Jacuipense na última rodada da primeira fase. No geral, em casa, foram seis vitórias, um empate e uma derrota. Foi o melhor desempenho do grupo A ao lado do Santa Cruz, que também somou os mesmos 20 pontos no Arruda, mas teve um saldo de gols inferior - (10 a 7 para o Vila Nova). Já fora de casa, a equipe teve o quarto melhor aproveitamento do seu grupo (duas vitórias, cinco empates e duas derrotas), atrás apenas do Tricolor e da dupla paraense Paysandu e Remo.

Ao todo, foram 20 gols marcados (média de 1,11 p/j) e 11 sofridos (média de 0,61 p/j). Chama atenção que o desempenho defensivo do Vila Nova é o segundo melhor entre os classificados dos dois quadrangulares, ficando atrás do Remo, que sofreu apenas 10 gols. O time comandado pelo técnico Bolívar tem como principais destaques o atacante Henan, que marcou seis gols na Série C, e o meia Emanuel Biancucchi, que tem sido um dos destaques da equipe até aqui na competição.

BRUSQUE

Posição na primeira fase: 4º lugar do grupo B

Pontuação: 29 pontos, oito a menos que o Santa Cruz

Último integrante do quadrangular do acesso, o Brusque será o adversário de estreia do Santa Cruz na fase final. E a equipe já viveu altos e baixos nesta Série C. Isso porque a equipe catarinense apresentou um ótimo futebol durante o primeiro turno, com ótimos resultados, com sete vitórias em nove jogos. Porém, no returno, viu o desempenho cair drasticamente para apenas uma vitória em nove partidas, inclusive com uma derrota acachapante para o Volta Redonda por 8 a 1 em casa. Neste recorte, o Brusque teve o segundo pior aproveitamento entre os 20 participantes, ficando atrás apenas do Imperatriz, que foi o lanterna do grupo A.

Classificado em quarto lugar no grupo B, o Brusque só avançou de fase devido a gordura adquirida nos primeiros noves jogos da competição. Ao todo, foram 29 pontos somados em 18 jogos, com oito vitórias, cinco empates e cinco derrotas, totalizando um aproveitamento de 53,7%. Em termo de pontos, a equipe somou a mesma quantidade do Ituano e do Londrina, que ficaram em segundo e terceiro respectivamente no grupo B. Porém, o saldo negativo de três gols negativos fez o Marreco ficar na quarta posição.

Na Série C, o Brusque demonstrou um ótimo desempenho jogando em casa, no estádio Augusto Bauer, onde somou 20 dos 29 pontos conquistados na competição. Lá, foram seis vitórias, dois empates e apenas uma derrota. O aproveitamento como mandante foi o quarto melhor no seu grupo. Além disso, é equivalente ao do  Vila Nova e do Santa Cruz, e superior ao do Ituano, todos adversários neste quadrangular do acesso. A parte negativa fica por conta do péssimo desempenho defensivo durante a competição. Ao todo foram 23 gols marcados (média de 1,28 g/j) e 26 sofridos (média de 1,44 g/j). O número de gols tomados é inferior apenas ao Imperatriz, que foi vazado 60 vezes em 18 jogos. O maior reflexo disso foi a goleada sofrida por 1 x 8 para o Volta Redonda, no estádio Augusto Bauer, em Brusque.

Já fora de casa, o Brusque tem o pior desempenho entre os adversários da fase final. Foram duas vitórias, três empates e quatro derrotas, dando um total de nove pontos somados. No mesmo recorte, o Santa Cruz somou 17, o Ituano 13 e o Vila Nova 11. O time comandado pelo técnico Jerson Testoni tem como destaque o atacante Thiago Alagoano, que é o artilheiro da equipe com sete gols marcados na Série C. Além disso, o Brusque conta com velhos conhecidos da torcida pernambucana, como os volantes Rodolfo Potiguar (com passagens por Salgueiro e Náutico) e Guilherme Escuro (ex-Salgueiro e Afogados da Ingazeira), além do meia Jefferson Renan, (que passou no Náutico e no Porto-PE).

CALENDÁRIO DO SANTA CRUZ:

JOGOS DE IDA

1ª Rodada - 13/12

Brusque x Santa Cruz

2ª Rodada - 19/12 

Santa Cruz x Vila Nova

3ª Rodada - 26/12 

Ituano x Santa Cruz

JOGOS DE VOLTA

4ª Rodada - 03/01

Santa Cruz x Ituano

5ª Rodada - 09/01 

Vila Nova x Santa Cruz

6ª Rodada  - 17/01

Santa Cruz x Brusque

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias