Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Náutico empata por 1x1 com Botafogo-SP e segue na luta contra o rebaixamento da Série B

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 13/12/2020 às 20:19
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

O Náutico segue na luta contra o rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo, o time alvirrubro empatou por 1x1 com o Botafogo-SP em Ribeirão Preto, em São Paulo, em partida válida pela 28ª rodada da competição. Com o resultado a equipe comandada pelo técnico Hélio dos Anjos continua estacionada na 18ª colocação da tabela da Segundona, com 28 pontos, três a menos que o Figueirense, primeiro time fora do Z-4, com 31. A Pantera, por sua vez, apresenta situação ainda mais delicada e aparece na 19ª, com 24 pontos.

>> Veja Tempo Real de Botafogo x Náutico pela Série B

Os donos da casa abriram o placar aos 45 minutos do primeiro tempo, com Matheus Anjos. Já o Náutico buscou o empate com Paiva, aos 33 do segundo tempo. O atacante analisou o resultado da partida. "A gente está numa posição que qualquer ponto é muito grande. A gente lutou pelos três pontos, mas um ponto também é muito bom", disse Paiva, em entrevista ao SporTV, na saída do gramado.

O próximo desafio do Timbu na Série B será contra a Chapecoense, também fora de casa, na quarta-feira (16).

O JOGO

O JOGO

Em campo, a novidade do Náutico foi a escalação de Paiva no time principal. Lesionado, Kieza foi desfalque da partida e acabou substituído pelo camisa 19. Além dele, o comandante iniciou a partida com Bryan, enquanto Erick ficou no banco de reservas por questão técnica.

Encarando situações similares na Série B, Náutico e Botafogo-SP lutam para tentar sair da zona de rebaixamento. A necessidade de somar pontos foi refletida no início da partida com as duas equipes criando jogadas ofensivas em busca do primeiro gol. Não à toa, no primeiro minuto o Timbu começou pressionando com chute de fora da área de Paiva. Em resposta, o Botafogo-SP emplacou cruzamento perigoso e sequência de dois escanteios.

O clima da partida seguiu movimentado. O Náutico chegou novamente aos 10, quando Rhaldney tabelou com Bryan e cruzou na área. Ninguém apareceu de imediato e Djavan chegou chutando forte para longe da meta da Pantera. Dois minutos depois, foi a vez de Matheus Anjos cobrar escanteio e Robson cabecear levando perigo à meta alvirrubra. Anderson defendeu.

O Náutico esteve melhor em campo boa parte do primeiro tempo, mas foi o Botafogo-SP que abriu o placar aos 45 minutos. No meio de campo, Val colocou uma caneta em Djavan e lançou Ronald, que avançou em velocidade pela direita e cruzou para Matheus Anjos marcar gol de cabeça.

Com a vantagem do placar no placar, a história do segundo tempo foi diferente. Os donos da casa começaram dominando o Náutico. Aos cinco minutos, em lance confuso na área, Matheus Anjos de peito acertou o travessão e quase fez o segundo gol na partida. Melhor em campo, o Botafogo-SP seguiu ditando o ritmo do jogo, com pressão e jogadas ofensivas. Do outro lado, o Timbu foi neutralizado e pouco apareceu para ameaçar o rival. Até que aos 33 Dadá avançou pela esquerda e cruzou para Paiva marcar o gol de empate: 1x1 no Santa Cruz.

As equipes fizeram um final de jogo movimentado e emocionante, mas não conseguiram efetividade ofensiva. O placar ficou consolidado com a igualdade por 1x1.

FICHA DO JOGO

BOTAFOGO-SP

Darley; Jeferson, Robson, Walisson Maia, Guilherme Romão; Raniele (Dodô), Valdemir, Matheus Anjos (Bady), Wesley Pionteck (Ortega); Michel Douglas (Judivan) e Ronald.

Técnico: Moacir Júnior.

NÁUTICO

Anderson; Hereda, Camutanga, Ronaldo Alves (Rafael Ribeiro) e Kevyn; Rhaldney (Jhonnatan), Djavan (Dadá Belmonte), Jean Carlos (Ruy) e Bryan; Vinícius (Erick) e Paiva.

Técnico: Hélio dos Anjos.

Local: Estádio de Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP.

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF).

Assistentes: Leila Naiara da Cruz e Kleber Alves Ribeiro (ambos DF).

Gols: Matheus Anjos (aos 45 do 1º para o Botafogo-SP) e Paiva (aos 33 do 2º para o Náutico)

Público e Renda: Portões fechados.

Últimas notícias