Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Presidente da Comissão Eleitoral do Sport diz que é impossível realizar eleições nesta sexta-feira (18)

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 16/12/2020 às 15:01
Sport pode garantir permanência na Série A de forma antecipada. Foto: Antônio Gabriel/ Rádio Jornal
Sport pode garantir permanência na Série A de forma antecipada. Foto: Antônio Gabriel/ Rádio Jornal
Leitura:

O processo eleitoral do Sport continua fervendo nos bastidores. Apesar de, até a publicação desta matéria, o pleito estar marcado para a próxima sexta-feira (18), com duas liminares mantendo a realização das eleições nesta data, o presidente da Comissão Eleitoral do Leão, Frederico Guilherme, afirmou para a reportagem do Jornal do Commercio que é impossível realizar o bate chapa leonino na sexta-feira, já que, no momento, as eleições do clube estão suspensas, pois a atual gestão do Rubro-Negro entrou com um pedido para suspender a decisão que favorece essas liminares.

"Não (sobre acontecer na sexta). Já se materializou uma ação contra o Sport obrigando a realização. Há uma medida liminar nesse sentido também. Mas o Sport ingressou com um recurso judicial para suspender a decisão do juiz. Então isso termina na não realização do ato, porque o Sport não vai realizar efetivamente. Pode estar sujeito a uma multa se o juiz entender que ele (o clube) teria a obrigação de realizar porque houve uma decisão judicial", explicou.

"No momento essas eleições estão suspensas porque o Sport ingressou com uma medida no sentido de suspender a decisão. Quando ele faz isso, ele desobriga ele mesmo por si só. Se o tribunal não acolher as razões dele, o que é que vai acontecer: vai mandar ele (o clube) fazer as eleições, só que não vai mais ocorrer no dia 18, mas sim no prazo que o Tribunal determinar. É, dia 18 é impossível acontecer por conta dessas situações. Não acontecerá", completou.

LEIA MAIS

Processo eleitoral revela a falta de respeito e cuidado com os clubes

Em processo eleitoral marcado por indefinições, eleições do Sport seguem gerando divergências

Sem entrar no Z-4 desde a 6ª rodada, Sport busca sequência de vitórias e ”paz” na Série A

E O FUTURO?

Sobre o futuro das eleições do Sport, Frederico Guilherme afirmou que, por mais que o juiz decida que o pleito seja mantido nesta sexta-feira, é impossível realizar, já que nem as chapas estão inscritas. "Há uma situação fática, não é nem jurídica, que impede (ser no dia 18) que é o tempo. Juridicamente você tem que fazer no dia 18, mas eu tenho que tomar algumas providências. Aí o que é que acontece: o juiz vai ter que esperar que eu tome essas providências, porque sem elas não há eleições", afirmou Frederico, que completa destacando que a Comissão Eleitoral vai realizar as eleições dentro do prazo que o juiz determinar, menos na sexta-feira, por conta do tempo mínimo.

"Vamos dizer que o Tribunal determine: faça as eleições (no dia 18). Eu não tenho como fazer, porque não tenho chapa registrada e nem nada. São duas coisas distintas. O Tribunal mandar fazer e como fazer - e isso é outra história. Vamos supor: o Tribunal diz 'faça as eleições em quatro dias'. Aí eu tenho que fazer nos quatro dias mesmo. Por exemplo: se determinarem para fazer no dia 23 (de dezembro), aí tem que fazer até o dia 23. Mas sexta-feira, não, é impossível", finalizou.

Até o momento, existem cinco pré-candidatos à presidência do Sport. Os advogados Delmiro Gouveia, Pedro Lacerda e Eduardo Carvalho, o ex-diretor de futebol Nelo Campos, e o economista Luiz Carlos Belém. Desses cinco, três votaram a favor do adiamento para março: Delmiro, Belém e Pedro, enquanto Eduardo Carvalho e Nelo votaram na manutenção das eleições no dia 18 de dezembro, além de entrarem com liminares para que o pleito seja mantido nesta data.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Últimas notícias