Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

"Esse futebol acabou há mais de 30 anos", diz André Frutuoso sobre modelo de gestão atual do Santa

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 19/01/2021 às 18:14
Joaquim Bezerra (D) e André Frutuoso candidatos são os candidatos a presidente e vice da oposição. Foto: Camila Florêncio/Pro Santa
Joaquim Bezerra (D) e André Frutuoso candidatos são os candidatos a presidente e vice da oposição. Foto: Camila Florêncio/Pro Santa
Leitura:

A menos de um mês para as eleições do Santa Cruz, o grupo Pro Santa, que já anunciou a candidatura de André Frutuoso para a presidência mira as falhas da atual gestão do clube e afirma que, no momento, está focado em propor. Em entrevista a Maciel Júnior, realizada na noite da última segunda-feira (18), na Rádio Jornal, André fez duras críticas ao desfecho que o Tricolor viveu na Série C e classificou o comportamento da gestão atual como retrógrado.

LEIA MAIS 

>> Candidato da oposição critica desempenho do Santa Cruz em 2020: "Não tem como plantar um limão e colher uma melancia"

>> Chapa da situação será lançada até o início da próxima semana, diz vice-presidente do Santa Cruz

>> O que deu errado para o Santa Cruz? Veja deslizes que mantiveram o tricolor por mais um ano na Série C

"A gente quer colocar uma opção para o torcedor. Que existe sim uma forma de o Santa Cruz aspirar novos ares. Que é na mudança de pensamento, na mudança de postura, na mudança de atitude da gestão do Santa Cruz", disse Frutuoso.

Ouça a entrevista completa de André Frutuoso, na Rádio Jornal

Se referindo aos empresários tricolores que atualmente colaboram financeiramente e patrocinam o clube, André afirmou que eles não aguentam mais. "Esses empresários são achacados diuturnamente para vir colocar R$ 5 mil, R$ 10 mil. O clube precisa de uma passagem, 'bote aqui R$ 15 mil'. Não é assim. Esse futebol acabou há mais de 30 anos. Onde existir, vai fazer voo de galinha. Subir, fazer uma gracinha e cair", afirmou André.

Para o candidato, o futebol hoje é o dos naming rights, dos fundos de investimento. Citando uma "bragantinização" da gestão no futebol, em referência ao Red Bull Bragantino, que passou a ser administrado pela multinacional de bebidas energéticas e desponta no futebol brasileiro. "Esse fenômeno que aconteceu com o Bragantino vai acontecer com vários outros clubes, que é a entrada de grandes multinacionais", garantiu.

"Não existe o acaso no mundo corporativo. O acaso existe no mundo do cassino, da sorte, do jogo de azar. Você tem que fazer a sua lição de casa, tem que ter uma casa saneada, um clube enxuto, com endividamento baixo, que pague suas receitas. Gestão corporativa, gestão por competência. Tem que ter metas", acrescentou.

Adesão à chapa Pro Santa

A primeira data para a realização das eleições no Santa Cruz era 14 de dezembro de 2020. Por causa da pandemia, o clube adiou o pleito para o dia 10 de fevereiro deste ano. A oposição foi contra e, para o candidato do grupo Pro Santa, a justificativa de que um processo eleitoral enquanto a Série C estava acontecendo iria atrapalhar o time foi uma "falácia" e a fatura chegou.

André frutuoso citou exemplos de Santos e São Paulo - o primeiro está na final da Copa Libertadores e o segundo é um dos fortes candidatos a conquistar o Campeonato Brasileiro da Série A de 2020. Os dois clubes realizaram eleições no ano passado. O Santos, inclusive, passou por um processo de impeachment do então presidente José Carlos Peres.

"Será que o título do Campeonato Brasileiro da Série A é menos importante que um acesso na Série C? O São Paulo teve eleições, transcorreu bem. Sabe por que? Porque as eleições são o modo civilizado de dizermos a nossa vontade, nas urnas", pontuou.

Ainda de acordo com André Frutuoso, o grupo Pro Santa tem ouvido, de vários torcedores do Santa Cruz, inclusive apoiadores da atual gestão, que não aguentam mais os nomes que cuidam do clube atualmente. "Estamos impressionados com a quantidade de pessoas que está nos procurando. A gente está sentindo que está acontecendo uma grande movimentação", afirmou.

Dentro da estratégia de campanha da chapa, André adiantou que caravanas estão sendo organizadas para ir à Bahia e Paraíba, encontrar tricolores que já se manifestaram a favor desta candidatura. E a chapa quer mostrar que existe um "day after" para o Santa Cruz.

Quanto a quem vai enfrentar nas urnas, André garante que não é o foco no momento. "Nosso foco é em propor. A gente quer apresentar um cardápio de opções, de propostas, de ações, medidas que venham a garantir que o Santa Cruz volte a ser o Santa Cruz que todos nós conhecemos", disse.

A gente precisa trazer para o torcedor que há uma esperança, há sim como mudar essa situação, a gente não pode agora, nesse momento, batendo em pato morto, batendo em quem não tem mais vida. Isso não adianta, isso não constrói, mas a gente quer colocar uma opção para o torcedor. Que existe sim uma forma de o Santa Cruz aspirar novos ares. Que é na mudança de pensamento, na mudança de postura, na mudança de atitude da gestão do Santa Cruz.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias