Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

Lateral diz que cobrança no intervalo foi decisiva para o Sport transformar boa atuação em gols contra o Bahia

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 28/01/2021 às 19:04
Júnior Tavares acredita que Sport podia ter vencido o Internacional. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Júnior Tavares acredita que Sport podia ter vencido o Internacional. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

A vitória do Sport sobre o Bahia por 2 a 0 na 32ª rodada do Brasileirão tirou um peso das costas do Leão após uma sequência negativa de três derrotas consecutivas. No confronto, chamou a atenção o volume de jogo produzido pelo rubro-negro no segundo tempo do jogo, onde a equipe marcou cinco gols, sendo três invalidados corretamente pelo VAR. Para o lateral-esquerdo Júnior Tavares, titular nos 90 minutos, a cobrança dos próprios atletas foi o motivo divisor de águas para transformar a boa atuação da primeira etapa em gols na reta final da partida.

"Fizemos um primeiro tempo bom também, só que não conseguimos fazer os gols. Então a gente conversou bastante para melhorar isso no segundo tempo. Encaramos mesmo como uma final, então nos cobramos muito no intervalo para quando voltar, fazer os gols. Acho que esse foi o motivo essencial. A cobrança dentro da gente, porque sabemos que dá pra fazer algo a mais. E foi isso que aconteceu no segundo tempo. Espero que possamos repetir daqui pra frente, porque ainda temos muito a crescer no campeonato", explicou o defensor em entrevista coletiva.

LEIA MAIS:

Site indica 42 pontos como pontuação 90% garantida para permanência na Série A

Presidente em exercício revela passivo milionário pago pelo Sport em 2020

Martelo batido: Presidente do Sport confirma data das eleições

Justiça condena Sport a pagar R$ 902 mil a Diego Souza; presidente diz que caso já está no Jurídico do clube

A vitória adquirida em um confronto direto contra um rival na parte de baixo da tabela fez o Sport subir para 35 pontos, abrindo três da zona de rebaixamento. Por isso, o triunfo foi bastante festejado pelo lateral, que ressaltou ainda a concentração dos atletas no confronto. "Uma importância muito grande vencer um clássico regional, até porque clássico não se joga, se ganha. Foi isso que a gente fez. Estávamos muito concentrados para essa partida, pois sabíamos que era muito importante pra gente. Tratamos como uma final e graças a Deus conseguimos sair com a vitória", valorizou Júnior Tavares.

O Sport volta a campo na próxima segunda-feira para enfrentar o Flamengo, às 20h, na Ilha do Retiro. Antes disso, fica de olho no Bahia, que enfrenta o Corinthians nesta quinta-feira (28), às 19h, na Arena Fonte Nova, em confronto atrasado da 30ª rodada. Um triunfo nesta noite pode tirar o Tricolor de Aço da zona de rebaixamento, já que o clube chegaria aos mesmos 35 pontos do Leão da Ilha, mas colocaria o Fortaleza no Z-4, já que a equipe cearense está em 16º lugar e tem uma vitória a menos que os baianos. Apesar do alerta ligado, Júnior Tavares prefere não secar o adversário, indicando que o rubro-negro depende apenas do seu próprio desempenho para conseguir o objetivo de se manter na Série A.

"O Sport só depende de si. Então se a gente fizer nosso trabalho bem feito dentro de campo, isso será favorável para sair dessa zona que não é confortável para ninguém. Isso é o mais importante e o que a gente quer. Se procurarmos jogar todas as partidas como jogamos a última contra o Bahia, então será positivo para a gente", concluiu.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Últimas notícias