Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Após ter pedido para não jogar, Salgueiro recua e vai disputar Copas do Nordeste e Brasil

Blog do Torcedor Blog do Torcedor
Blog do Torcedor
Blog do Torcedor
Publicado em 04/02/2021 às 11:26
Salgueiro, atual campeão pernambucano, estava abrindo mão da Copa do Brasil e Copa do Nordeste, mas recuou. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Salgueiro, atual campeão pernambucano, estava abrindo mão da Copa do Brasil e Copa do Nordeste, mas recuou. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Uma grande reviravolta nos bastidores do futebol pernambucano. Depois de pedir para não jogar a Copa do Nordeste e Copa do Brasil, o Salgueiro recuou da decisão e vai disputar as competições. A decisão aconteceu na manhã desta quinta-feira, pouco antes do sorteio da Copa do Nordeste 2021, previsto para acontecer às 12h, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Desta forma, o nome do Salgueiro vai estar nos potes do sorteio do Nordestão.

LEIA MAIS

> Liga do Nordeste confirma que Salgueiro já recebeu cerca de R$ 600 mil da cota de participação

> Náutico nega envolvimento em desistência do Salgueiro das copas do Nordeste e do Brasil

> Presidente do Salgueiro esclarece declaração e afirma que não houve negociação com o Náutico

> “Procurei o Náutico, fiz uma negociação”, revela presidente do Salgueiro sobre desistência do Nordestão e Copa do Brasil

> Veja os grupos da Copa do Nordeste de 2021

> “Vergonha para história do Salgueiro e futebol”, dispara presidente do Confiança

> Vice-prefeito explica corte de patrocínio ao Salgueiro: “Estamos dando prioridade ao postos de saúde”

A decisão do Carcará de não disputar as competições, inclusive, não caiu bem no elenco. Na quarta-feira, o goleiro César Tanaka publicou em sua conta pessoal do Twitter que isso era uma briga política, e que isso tinha afetado os jogadores, que estavam sendo desrespeitados com a decisão. Isso, claro, pesou para que o Salgueiro voltasse atrás e pedisse para disputar a Copa do Nordeste e Copa do Brasil de 2021.

Se o Salgueiro desiste de jogar a Copa do Nordeste, não era certeza de que a vaga fosse para o Náutico. Isso porque o Carcará entrava na competição como o campeão pernambucano. Com a desistência, o vice é quem iria, ou seja, o Santa Cruz. Desta forma, a terceira vaga de Pernambuco ficaria em cheque, pois teria que ser disputada na fase pré do Nordestão, o que possivelmente faria o Itabaiana entrar no torneio, já que ele perdeu para o Santa Cruz, que deveria ter entrado na competição como o vice do Estadual caso o Salgueiro confirmasse a desistência.

No entanto, o Salgueiro voltou atrás e apareceu entre os sorteados. O Carcará está no grupo B ao lado de Vitória, Sport, Fortaleza, CSA, Botafogo-PB, ABC e Altos.

POLÊMICA

Após desistir de participar das Copas do Nordeste e do Brasil, recuar da decisão e depois voltar atrás, inclusive com participação no sorteio da competição regional, o presidente do Salgueiro, José Guilherme, revelou em entrevista coletiva, nesta quinta-feira, os motivos que levaram o Carcará a protagonizar toda essa reviravolta. Em uma declaração polêmica, o mandatário afirmou que procurou o Náutico e a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) para fazer uma negociação em relação as vagas, que segundo o próprio presidente, teve o envolvimento do Timbu nas tratativas com um aporte financeiro para pagar o salário dos funcionários do clube sertanejo. Depois, quando soube pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que a vaga não ficaria com um clube de Pernambuco, tomou a decisão de voltar a participar das competições.

ESCLARECIMENTO

O presidente do Salgueiro, José Guilherme, esclareceu a polêmica declaração envolvendo o Náutico e a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) em uma determinada negociação financeira por causa da desistência do Carcará de participar da Copa do Nordeste e Copa do Nordeste. Em nota oficial divulgada nas redes sociais do clube, o mandatário sertanejo explicou que a quantia recebida e citada na entrevista coletiva, na manhã desta quinta-feira, é referente a participação do atual campeão pernambucano no Nordestão. Valor esse que gira em toro de R$ 550 mil. Ainda segundo José Guilherme, esse pagamento integral, ao invés do tradicional forma parcelada, levou o clube do Sertão a recusar da decisão de não participar das duas competições.

"O Salgueiro Atlético Clube vem a público esclarecer que o valor recebido diz respeito à cota de participação que lhe é de direito, que não houve qualquer negociação envolvendo nenhum clube, ratificando o direito em entrevista concedida na manhã de hoje (quinta-feira). Houve, sim, um contato da Liga do Nordeste explicando a situação de devolução do valor repassado no tocante a cota recebida por não participação da Copa do Nordeste", escreveu o clube, em nota oficial, assinada pelo presidente José Guilherme.

NÁUTICO

A última quarta-feira (3) foi marcada por uma desistência do Salgueiro em disputar a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil. A decisão, porém, não chegou a durar 24 horas, mas envolveu o nome do Náutico desde o minuto que veio à tona. As informações que se conectavam à saída do Carcará das duas competições indicavam que o herdeiro das vagas seria o Timbu. Especulou-se, então, que o alvirrubro teria envolvimento na atitude tomada pelo clube do Sertão Pernambucano. Em nota divulgada na tarde desta quinta-feira (4), o Náutico negou.

LIGA DO NORDESTE

A Liga do Nordeste esclareceu o valor repassado ao Salgueiro por ser o atual campeão pernambucano e ter vaga garantida na fase de grupos do Nordestão. Procurado pelo Jornal do Commercio e Blog do Torcedor, o presidente Alexi Portela destacou que foi realizado dois adiantamentos da cota de participação ao Carcará. O primeiro lá atrás para o clube honrar alguns compromissos e o outro mais recente para o atual campeão pernambucano não desistir de participar do torneio regional e, consequentemente, da Copa do Brasil. Segundo o dirigente, o time do Sertão de Pernambuco já recebeu "uns R$ 600 mil".

Últimas notícias