Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Veja quem são os três candidatos à presidência na eleição do Santa Cruz

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 07/02/2021 às 9:03
Três candidatos participaram de uma sabatina na Rádio Jornal.
Três candidatos participaram de uma sabatina na Rádio Jornal.
Leitura:

Adiamentos, indefinições, substituição de nomes, pedido de impugnação e troca de farpas. O processo eleitoral do Santa Cruz foi conturbado, mas está perto de seu desfecho. Na próxima quarta-feira (10), o sócio tricolor vai decidir quem vai sentar na cadeira de presidente no triênio 2021-2023. O candidato da situação é Roberto Freire, da chapa "Tradição de vitórias, crescimento e união". Joaquim Bezerra é o candidato do grupo de oposição "Pró Santa"; enquanto Josenildo Dody será o postulante da chapa "A Voz da Arquibancada". Quem sair vencedor do pleito terá como principal missão tirar o Santa Cruz da Terceira Divisão do Brasileiro.

Além de sair da Série C, o próximo mandatário vai se deparar com outras dificuldades. Um desses desafios será a questões orçamentária, tendo em vista as limitações financeiras de jogar uma divisão na qual o clube não recebe nenhum valor de cota televisiva, tornando as receitas ainda mais escassas. Além disso, os reflexos da pandemia do novo coronavírus não foram nada animadores. Isso porque o clube foi diretamente afetado pela queda de sócios, patrocínios e, principalmente, das receitas de bilheterias.

Por isso, o Jornal do Commercio e o Blog do Torcedor preparou um perfil com informações dos três postulantes ao cargo máximo do Executivo tricolor. No dia 10 de fevereiro, um deles sairá vencedor, e será o responsável por conduzir o clube em meio aos desafios citados anteriormente.

Chapa - "Tradição de vitórias, crescimento e união"

Presidente: Roberto Freire

Vice-presidente: Osmundo Bezerra

Conselho Deliberativo: Paulo Borba

Comissão Patrimonial: Francisco Buarque de Gusmão

Roberto Vanderlei Freire, de 57 anos, é formado em engenharia civil, com especialização em impermeabilização e engenharia diagnóstica. Atualmente trabalha como empresário no ramo de construção civil. É filho de Hugo Ramos Freire, ex-jogador do Santa Cruz na década de 1950. Sua participação dentro do clube começou em 1999, onde já passou por futsal, futebol de base e profissional, além da Comissão Patrimonial, quando contribuiu com projetos de engenharia dentro do clube. Roberto Freire também é ex-diretor do Núcleo de Gestão do tricolor, cargo que renunciou em fevereiro de 2020. Agora, foi escolhido pelo grupo da situação para suceder o presidente Constantino Júnior.

"Neste momento de escolha para o futuro do Santa Cruz, eu alerto ao torcedor para pensar bem nas opções existentes. Não é momento de se arriscar, é preciso optar por quem conhece de fato e vive o nosso clube por dentro há muito tempo. Eu tenho muitos anos e muito serviço prestado ao Santa Cruz, por isso peço a confiança ao torcedor para continuarmos o nosso projeto de gestão e elevar o nosso clube para outro patamar", disse o candidato em recado para os torcedores.

Chapa - "Pró Santa"

Presidente: Joaquim Bezerra

Vice-presidente: André Frutuoso

Conselho Deliberativo: Mário de Godoy

Comissão Patrimonial: Thomaz de Aquino

Joaquim José Bezerra Neto, de 57 anos, é formado em direito, com MBA executivo em finanças pelo IBMEC do Rio de Janeiro e MBA em varejo pela Universidade Federal de Pernambuco, onde cursou também o mestrado em Gestão Pública. Atualmente, o professor e empresário é diretor de fusões e aquisições do grupo Ser Educacional. No Santa Cruz, exerceu o cargo de vice-presidente do Executivo no biênio 2011-2012, na gestão do então presidente Antônio Luiz Neto, com quem rompeu pouco tempo depois após diversas divergências. De lá para cá, passou a ser uma uma figura ativa no campo da oposição, onde, inclusive, chegou a se candidatar à presidência em 2012 e à vice de Albertino dos Anjos em 2017, saindo derrotado de ambas.

De volta ao pleito coral, Joaquim Bezerra falou porque deseja ser presidente do Santa Cruz. "Pretendo fazer uma gestão profissional dentro do Santa Cruz. É para isso que o Pró Santa foi criado. A ideia é que dentro dessa gestão profissional a gente tenha regras de governanças corporativas, transparência, e que a gente possa fazer com que haja resgate da imagem do clube e, com isso, atrair novos sócios, patrocinadores e investidores para o clube.

Chapa - "Voz da Arquibancada"

Presidente: Josenildo "Dody"

Vice-presidente: Wagner José Rodrigues

Conselho Deliberativo: Adriano Celso de Amorim

Josenildo José da Silva, conhecido por Dody, tem 55 anos e é um empresário do ramo de higienização. Único postulante que ainda não exerceu cargos dentro da gestão do Santa Cruz, Dody é ligado ao movimento das torcidas organizadas, onde se intitula um candidato do povo e da arquibancada coral. Ele chegou ao Tricolor em 1978 para fazer parte dos coletivos uniformizados. Junto com um grupo de amigos, montou a Santamante, uma das mais famosas na época. Atualmente, é presidente da Santa Paz, onde já viajou para várias cidades do Brasil para acompanhar o time.

"O que me fez ser candidato é o sentimento e o amor por esse clube centenário. A paixão que a gente tem, pelos apelos que os amigos e companheiros tem, e por achar que nós temos direito como associado. Nossa candidatura é legítima, porque vem da arquibancada. Ela vem do povão. É isso que fez a gente ser candidato. Esperamos que no dia 10 a oposição vença as eleições no Santa Cruz", afirmou Dody em sabatina na Rádio Jornal.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias