Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Hélio mostra confiança na permanência de Anderson no Náutico e exalta reserva Jefferson

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 09/02/2021 às 8:00
Anderson defendeu o Náutico na Série B de 2020. Foto: Caio Falcão/Divulgação
Anderson defendeu o Náutico na Série B de 2020. Foto: Caio Falcão/Divulgação
Leitura:

A permanência do goleiro Anderson, de 22 anos, ainda é um assunto indefinido nos Aflitos. O Náutico quer, o atleta também, o técnico Hélio dos Anjos está confiante que vai dar certo, mas o Atlhetico-PR, clube que tem contrato com o jogador até o final de 2022, ainda não tomou uma decisão. Em 2020, o atleta foi emprestado ao Timbu, disputou a Série B do Campeonato Brasileiro e foi peça fundamental para a permanência do alvirrubro na segunda divisão. Ao fim da temporada, ele se reapresentou ao Furacão. Enquanto o futuro de Anderson segue incerto, o técnico Hélio dos Anjos está tranquilo com a peça de reposição que tem no banco, o goleiro Jefferson.

LEIA MAIS 

>> Diógenes Braga destaca que renovação do Náutico com goleiro Anderson só depende do Athletico

>> Hélio dos Anjos afirma que quer mais força e intensidade no elenco do Náutico

"Jefferson demonstrou, fora de campo, a verdadeira identidade como ídolo. Alguém que participou da história do clube. Foi um dos jogadores com comportamento ímpar, participando ativamente do dia a dia e vestiário. Também o conheço, acompanhei ele desde o começo da carreira. Se eu tiver que jogar com o Jefferson, não terei problema", afirmou o treinador.

Anderson realizou 16 partidas pelo Náutico em 2020. No modelo de empréstimo acertado entre o Furacão e o Timbu, estava previsto uma divisão igualitária do salário do jogador. O Náutico assumindo R$ 30 mil e o Athletico-PR os outros R$ 30 mil. Inicialmente, um dos pontos colocados como prioritários para a permanência do goleiro seria o pagamento integral do salário pelo alvirrubro, que já sinalizou não ter problema com isso.

"A confiança nossa é de que o Anderson volta. Diógenes (Braga) e Ari (Barros) estão me atualizando. Ele (Anderson) demonstrou todo o interesse em permanecer, ele quer jogar. Anderson é um jogador de 22 anos que não tem 60 jogos na carreira. O problema é o Athletico-PR. O Náutico já disse que não é problema", completou Hélio.

O jovem goleiro foi anunciado pelo Timbu em novembro do ano passado e seu último clube antes do Náutico foi o Santa Cruz, onde se destacou em 2019. No final de 2019, ele chegou a ser convocado pela Seleção Olímpica pela terceira vez. A trajetória de Anderson tem despertado o interesse do mercado desde então, mas ao que tudo indica, ele quer continuar vestindo a camisa alvirrubra.

 

Últimas notícias