Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

João Brigatti destaca orgulho de voltar ao Santa Cruz 26 anos após ser campeão como atleta

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 19/02/2021 às 17:21
Técnico do Santa Cruz, João Brigatti. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz
Técnico do Santa Cruz, João Brigatti. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz
Leitura:

“Quero externar a minha alegria e o meu orgulho de estar vestindo a camisa de um clube fantástico como o Santa Cruz, de uma torcida maravilhosa e apaixonante”. Foi com essas palavras que João Brigatti abriu a entrevista coletiva nesta sexta-feira e deu início a sua trajetória como novo técnico do Santa Cruz. Identificado com o Tricolor após uma passagem como goleiro em 1995, onde conquistou o Campeonato Pernambucano, o comandante destacou a felicidade de voltar ao Arruda, onde disse “se sentir em casa”. Ainda assim, pontuou que a missão agora é bem diferente da parceria de sucesso que foi coroada com o título estadual há 26 anos.  

“Uma coisa é você ser jogador e outra é ser treinador. Duas situações totalmente diferentes. Eu me sinto em casa, até por conhecer o Arruda. Tive uma passagem em 1995 e nós fomos campeões aqui. Agora como treinador, logicamente que muda demais, é uma responsabilidade muito grande, mas eu confio demais no meu trabalho e tenho certeza que estou preparado para comandar o Santa Cruz. Eu sei como é o fanatismo dessa torcida. É um clube de massa que a gente tem que saber respeitar muito”, afirmou. 

“Aqui está um treinador extremamente empolgado e feliz por estar aqui. Eu dou minha vida pelo clube que estou trabalhando. Você pode ter certeza que vamos honrar a camisa do Santa Cruz buscando a cada jogo as vitórias necessárias para que a gente possa buscar nossos objetivos”, completou.

LEIA MAIS:

> Satisfeito com elenco, João Brigatti projeta Santa Cruz ofensivo: ‘Sempre em busca do resultado positivo’

Técnico João Brigatti comemora acerto com o Santa Cruz: “Muito orgulho de vestir essa camisa novamente”

Presente e futuro: Joaquim Bezerra começa sua jornada como presidente do Santa Cruz

Presidente do Santa Cruz anuncia direção de futebol e duas contratações para departamento

Joaquim Bezerra assume presidência do Santa Cruz e convoca Assembleia Geral para reforma do estatuto

Joaquim Bezerra explica como vai funcionar estrutura administrativa do Santa Cruz

Após a apresentação nesta sexta-feira, o técnico João Brigatti não vai ter muito tempo para treinar o Tricolor antes do clube realizar a estreia oficial na temporada. Isso porque o Santa Cruz já inicia jogando pelo Campeonato Pernambucano na próxima quarta-feira (24), diante do Vitória das Tabocas, no estádio do Arruda. "Tenho analisado muito o Santa Cruz e acredito que vamos fazer um grande trabalho em busca dos nossos objetivos, que já começa na próxima quarta-feira. Na sequência, temos o jogo contra o Vitória-BA, pela Copa do Nordeste. São jogos em sequência, mas a gente tem que estar preparado porque nesse pouco tempo que nos resta, vamos saber preparar essa equipe para essas difíceis partidas", avaliou.

Ciente dos desafios que encontrará pela frente, Brigatti apostou na união e no trabalho desempenhado pela diretoria, comissão técnica, atletas e torcida para traçar um caminho de sucesso. “Que a nova diretoria que está tomando conta do Santa Cruz possa remodelar o clube, colocando-o no caminho das vitórias. Nós, na parte técnica, vamos trabalhar com os atletas juntamente com o apoio de todos, porque ninguém vence sozinho. Precisamos do apoio da nossa diretoria, da comissão técnica, dos atletas e, principalmente, da nossa torcida, para que passe esforços positivos para nós, sabendo que no início vamos ter um pouco de dificuldades, mas pode ter certeza que temos atletas de qualidade e um elenco bem qualificado”, ponderou o técnico. 

Questionado sobre os motivos que o fez aceitar o convite para trabalhar no tricolor, o novo comandante afirmou que a torcida e o novo modelo de gestão do presidente Joaquim Bezerra foram fatores determinantes para esse retorno, agora, como técnico. "Acredito muito no meu trabalho. Como treinador, só trabalhei em clubes de grandes torcidas. Ponte Preta, Sampaio Corrêa e Paysandu. Aqui não vai ser diferente. Uma torcida maravilhosa que o Santa Cruz tem, que a gente vai saber honrar essa camisa. A gente está no mercado e ter uma proposta do Santa Cruz, onde possamos evoluir dentro do nosso trabalho juntamente com o clube é muito satisfatório. O modelo de trabalho do Santa Cruz nos motivou a isso e conseguimos finalizar o nosso contrato. Estou extremamente empolgado", concluiu.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias