Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Após quarta derrota na temporada, Brigatti culpa pouco tempo de preparação por maus resultados do Santa Cruz

Blog do Torcedor
Blog do Torcedor
Publicado em 20/03/2021 às 22:12
Segundo treinador, no futebol,
Segundo treinador, no futebol, "não existe milagre" capaz de fazer o time vencer jogos sem treinamento. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz
Leitura:

Por Marcelo Aprígio

O treinador do Santa Cruz, João Brigatti, culpou o curto período de preparação da equipe pela  quarta derrota da equipe Coral na Copa do Nordeste e a sexta partida sem vencer neste início de temporada. Na noite deste sábado (20), o Tricolor recebeu o CSA no Arruda e perdeu por 2 a 1 em um jogo com fraca atuação. Com o resultado, o time pernambucano amarga a lanterna do grupo A e é dono da pior campanha do torneio regional.

“Para conseguir vitórias, você precisa trabalhar em busca delas e se preparar, coisa que o Santa Cruz, por questões políticas, por questões de momento, de passagem de ano, de transição de campeonato, não conseguiu fazer. Não temos tempo para poder fazer esses ajustes, esses treinamentos”, se queixou o treinador, ressaltando que tem conversado rotineiramente com a diretoria do Santa e com os atletas sobre a situação.

“Precisamos ter calma e trabalhar. O tempo joga contra a gente, não a favor. Mas tenho conversado muito com a diretoria, que está muito aberta em busca de reforçar a equipe. Sabemos dos pontos que precisamos, que a equipe necessita”, afirmou ele, tentando transmitir uma mensagem de confiança para o torcedor.

‘Não existe milagre’

Brigatti disse ainda que, no futebol, "não existe milagre” capaz de fazer o time vencer jogos sem treinamento. Desde que foi contratado, o comandante tricolor teve apenas três treinos com o time, que ainda está em formação, antes da estreia.

“No futebol, não existe milagre. Se você não tiver um período de treinamento, não há resultado favorável. Tivemos pouquíssimo tempo, três treinos para poder preparar a equipe que vinha de transição para o ano passado, de uma disputa da Série C, com vários atletas jovens, da base, que, por circunstâncias, pela pandemia, não tiveram lastro de jogo no ano passado", argumentou. "Você entra num campeonato competitivo, com muitas equipes fortes, e isso te traz dificuldade. O cenário é esse. Se eu tivesse um período curto de treinamento, o jogo seria totalmente diferente”,  ele, enaltecendo a 'boa vontade' dos atletas.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias