Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

"Boa para mim, mas não agradou o clube", explica Jean Carlos sobre proposta para deixar o Náutico

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 26/03/2021 às 12:34
Jean Carlos diz que Náutico vai entrar pra vencer Vitória e Guarani, mesmo fora de casa.  Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Jean Carlos diz que Náutico vai entrar pra vencer Vitória e Guarani, mesmo fora de casa. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Destaque do Náutico nas últimas duas temporadas, o meia Jean Carlos confirmou que recebeu uma proposta de um clube da Letônia, no leste europeu, para deixar o Timbu. Apesar da oferta vantajosa para o atleta, os valores oferecidos ao clube alvirrubro não agradaram e, por isso, a negociação não evoluiu. Assim, o meio-campista garantiu, em entrevista coletiva nessa quinta-feira (25), que não ficou insatisfeito por não ter saído, demonstrando gratidão ao alvirrubro, que 'o acolheu' desde sua chegada, em 2019.

"Chegou sim (proposta). Pra mim era uma proposta muito boa financeiramente, só que os valores para o Náutico não agradou. Sempre deixei bem claro desde a minha primeira renovação que quando aparecesse alguma coisa, teria que ser bom para mim e para o clube. Dessa vez foi bom para mim, mas não foi bom para o Náutico. Então a gente conversou e como eu disse desde sempre que estou muito feliz aqui no clube, por tudo que fizeram por mim desde a minha chegada. Foi um dos clubes que mais joguei, vivi uma boa temporada no ano passado. Independente se foi boa para mim, não foi para o clube, e a gente segue o contrato. Sigo feliz e espero fazer uma boa temporada", afirmou.

LEIA MAIS:

> Náutico estreia contra o CSA na Série B; veja a tabela completa

> Técnico do Náutico comenta sondagem do Vasco pelo meia Jean Carlos

Negociação de Carlão com o Corinthians pode ajudar Náutico a quitar dívida por Acosta

> Carlão e quatro atletas: executivo detalha parceria entre Náutico e Corinthians

> “Expectativa é a melhor possível”, afirma Salatiel sobre nova chance no Náutico

JEJUM

Uma das principais peças ofensivas do Náutico ao lado de Kieza, Jean Carlos teve um início de temporada diferente do ano passado, quando foi o maior goleador do time com 13 gols em 49 jogos. Nas três partidas de 2021, ainda não balançou as redes. O jejum, portanto, tem incomodado o meio-campista, que "tomou gosto por fazer gols" em 2020. Entretanto, preferiu evitar qualquer tipo de pressão ou ansiedade para voltar a balançar as redes adversárias.

"É claro que incomoda (não fazer gols). Me deixaram gostar de fazer gols na temporada passada. Estou buscando todos os jogos para poder sair esse gol, mas sem ansiedade nenhuma, até porque também é importante participar dos gols com assistência, construindo as jogadas. O mais importante é vencer e é isso que a gente está fazendo. Eu não marquei ainda, mas Kieza está muito feliz neste início de temporada com cinco gols, o Erick também vem marcando. Isso nos deixa muito felizes. Independente de tá marcando gol ou não, o mais importante é a gente vencer. Estou bem tranquilo e espero que nas próximas partidas possam sair os gols", afirmou Jean.

EVOLUÇÃO

Mesmo sendo o artilheiro do time em 2020, o meia conviveu com altos e baixos durante o ano. Isso porque antes da paralisação do futebol devido a pandemia do coronavírus, Jean Carlos viveu grande fase, com gols e ótimas atuações. No entanto, depois do retorno do futebol, caiu de rendimento, chegando, inclusive, a ficar 15 jogos consecutivos sem marcar na Série B. Agora, fez uma avaliação do próprio desempenho, projetando uma evolução depois desses três primeiros jogos de 2021.

"Concordo que a temporada passada comecei muito bem, mas não só eu, e sim o time todo teve uma queda muito grande na competição. Ficamos vários jogos sem vencer e eu coloco a minha responsabilidade também, porque sou um jogador que tem que criar, alimentar os atacantes. No meu ponto de vista venho fazendo boas partidas, com participações em gols nesses três jogos. Ainda não é suficiente. Eu me cobro muito e estou trabalhando para voltar o mais rápido possível a fazer gols. Estou sempre buscando melhorar e espero que o mais rápido possível possa voltar a fazer os gols", finalizou

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Últimas notícias