Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Santa Cruz goleia o Ypiranga-AP e se classifica para a segunda fase da Copa do Brasil

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 26/03/2021 às 17:34
O Santa Cruz enfrentará o Cianorte, do Paraná, na próxima fase da Copa do Brasil. 
Foto: Marcos Faria/Divulgação
O Santa Cruz enfrentará o Cianorte, do Paraná, na próxima fase da Copa do Brasil. Foto: Marcos Faria/Divulgação
Leitura:

Missão cumprida com louvor. O Santa Cruz goleou o Ypiranga-AP por 4x0, em jogo realizado no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita, no Rio de Janeiro, na tarde desta sexta-feira (26), pela primeira fase da Copa do Brasil, e está classificado para a segunda fase da competição. O próximo adversário será o Cianorte-PR.

>> Técnico do Ypiranga-AP se emociona em entrevista antes de jogo contra o Santa Cruz

>> Martín Rodríguez já treina normalmente no Santa Cruz, e DM do clube atualiza situação de outros atletas

O Tricolor do Arruda encarou um adversário que tinha entrado em campo pela última vez em outubro de 2020, pela final do Campeonato Amapaense e que reuniu um elenco para a Copa do Brasil cerca de 10 dias antes da primeira data marcada para o duelo. Era de se esperar superioridade da equipe coral nesta partida.

Com dois gols de Pipico, um de Alan Cardoso e outro de Chiquinho, a equipe comandada pelo técnico João Brigatti garantiu a participação na próxima fase da competição, somou a terceira vitória na temporada e começa a desenhar uma sequência positiva para a equipe que teve um inicio de ano complicado.

Agora classificado, o Santa enfrentará o Cianorte, do Paraná, na próxima fase. Pela participação na primeira fase, a equipe coral embolsou R$ 560 mil e mais R$ 675 mil pela classificação.

O jogo

O Santa Cruz conseguiu encaminhar a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil ainda no primeiro tempo do jogo. Com Pipico fazendo o que sabe de melhor e explorando bastante o lado esquerdo do campo com Alan Cardoso, dois importantes gols colocaram o Tricolor do Arruda na frente já nos 45 minutos iniciais.

A equipe comandada pelo técnico João Brigatti encontrou um adversário tecnicamente inferior, como era esperado, mas querendo jogo. O Santa Cruz fazia boas descidas pelo lado esquerdo, com Alan Cardoso, mas curiosamente o primeiro gol saiu após uma inversão de jogo. Aos 32 minutos, Chiquinho, na entrada da área, recebeu a bola e mandou para Ítalo Melo, que atuava na lateral direita. Ele cruzou rasteiro para Pipico só empurrar para dentro do gol e abrir o placar no Giulite Coutinho.

Era pelo lado esquerdo, porém, que o Santa Cruz mais queria jogo. E valeu a pena. Protagonista do setor no primeiro tempo, aos 43 minutos, Alan Cardoso recebeu um passe em profundidade de Pipico, invadiu a área, fez seu primeiro gol com a camisa do Santa e ampliou o placar, levando o jogo para o intervalo com vitória parcial da Cobra Coral por 2x0.

Para carimbar de vez o passaporte para a segunda fase, o Tricolor do Arruda manteve o nível de produtividade na segunda metade do jogo. Para os 45 minutos finais, o Santa perdeu Alan Cardoso, que deslocou o ombro nos minutos finais do primeiro tempo e foi substituído por precaução. No entanto, o Santa ainda tinha Pipico em uma tarde inspirada. Aos 24 minutos, o atacante recebeu a bola de Marcel, chutou cruzado e fez o terceiro gol do jogo.

Ainda tinha espaço para mais um. Desta vez com outra assistência de Pipico, aos 30 minutos Chiquinho finalizou com força da entrada da grande área e fechou a conta da goleada coral.

Ficha do jogo:

Ypiranga-AP: Pezão; Nadson (Fábio Mucajá), João, Davi e Nildon (Marcio Jarí); Daniel (Willian Afuá) e Raí; Sandro (Feijão), Tiquel e Denilson; Tinho Jarí (Roberto Batata). Técnico: Vitor Jaime.

Santa Cruz: Jordan; Ítalo Melo (Marcel), William Alves, Junior Sergipano e Alan Cardoso (Eduardo); Caetano (Léo Gaúcho), Karl (Elicarlos), João Cardoso (Maxwell) e Chiquinho; Madson e Pipico. Técnico: João Brigatti.

Local: Estádio Giulite Coutinho, Rio de Janeiro.

Horário: 15h30.

Árbitro: Jefferson Ferreia de Moraes (GO).

Assistentes: Christian Passos Sorence (GO) e Tiago Gomes da Silva (GO).

Gols: Pipico, aos 32 minutos do 1º tempo e aos 24 minutos do 2º tempo; Alan Cardoso, aos 43 minutos do 1º tempo; Chiquinho, aos 30 minutos do 2º tempo.

Cartões amarelos: Ítalo Melo (Santa Cruz); Willian Afuá (Ypiranga-AP)

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias