Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

City elimina Dortmund e vai enfrentar PSG nas semifinais da Champions

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 14/04/2021 às 18:28
City vive momento muito bom na temporada. Foto: AFP
City vive momento muito bom na temporada. Foto: AFP
Leitura:

AFP - O Manchester City venceu o Borussia Dortmund de virada por 2 a 1 nesta quarta-feira (placar idêntico ao jogo de ida) e se classificou para as semifinais da Liga dos Campeões, onde vai enfrentar o Paris Saint-Germain, atual vice-campeão europeu.

Os 'Citizens', começaram mal após sofrerem um gol do jovem talento de 17 anos, Jude Bellingham aos 15 minutos mas reagiu no segundo tempo empatando com um pênalti convertido pelo atacante argelino Riyad Mahrez (55) e uma bomba do meia Phil Foden (75).

Esta é apenas a segunda vez na história em que o clube inglês chega a esta fase da competição, após a temporada de 2015/16.

LEIA MAIS

> Técnico Gareth Southgate espera bom comportamento dos jogadores da seleção inglesa

> Conmebol recebe doação de 50 mil doses de vacina contra covid-19 para jogadores sul-americanos

> “Agora vamos com tudo”, avisa Neymar após PSG eliminar Bayern da Champions

Nos últimos três anos (2018, 2019, 2020), o Manchester City parou nas quartas-de-final na Liga dos Campeões, mas desta vez finalmente conseguiu superar esse obstáculo e enfrentará o PSG, que eliminou o Bayern de Munique na terça-feira.

Desse duelo sairá um dos classificados para a grande final europeia desta temporada, no dia 29 de maio, em Istambul. Chelsea e Real Madrid vão disputar a outra vaga.

O Manchester City, líder isolado da Premier League, continua perseguindo seu objetivo de conquistar quatro títulos neste final de temporada. Na Copa da Inglaterra (FA Cup) está classificado para as semifinais, onde jogará contra o Chelsea no dia 17 deste mês, e na Copa da Liga disputará a final no dia 25 contra o Tottenham.

O Borussia Dortmund está eliminado do torneio e com ele o futebol alemão se despede das competições europeias (Liga dos Campeões e Liga Europa) nesta temporada.

A equipe do astro norueguês Erling Haaland agora terá que concentrar seus esforços na classificação para a próxima Liga dos Campeões, o que não é fácil, já que está em quinto na Bundesliga e sete pontos atrás do último time que ocupa as posições classificatórias para o torneio, o Eintracht Frankfurt (4º), no momento em que faltam seis rodadas para o fim do campeonato.

VIRADA NO SEGUNDO TEMPO

No início do jogo desta quarta-feira, no vazio Signal Iduna Park, o Dortmund entrou determinado a reverter a situação desfavorável após a derrota no jogo de ida.

Depois de uma primeira chance de Mahmoud Dahoud logo aos 7 minutos, o gol do time amarelo veio aos 15, quando Jude Bellingham encontrou uma bola rejeitada na área, quase frontal, e mandou um chute poderoso superando o goleiro brasileiro Ederson.

Aos 17 anos e 289 dias, Bellingham, que no último fim de semana marcou seu primeiro gol na Bundesliga, se tornou o segundo jogador mais jovem a marcar nas oitavas de final da Liga dos Campeões, superado apenas por Bojan Krkic, que marcou pelo Barcelona em 2008, quando tinha 17 anos e 217 dias de idade.

O Borussia Dortmund poderia ter aumentado aos 19 minutos com uma cabeçada do suíço Manuel Akanji, mas Ederson conseguiu defender.

O Manchester City começou a acordar e o belga Kevin De Bruyne teve a melhor chance do time inglês no primeiro tempo, acertando o travessão de Marwin Hitz aos 25 minutos.

Bellingham voltou a aparecer mas desta vez para salvar sua equipe, aos 32 minutos, desviando perto da linha um chute de Riyad Mahrez.

No segundo tempo, os 'Citizens' continuaram a pressionando e em meio a esses ataques houve um toque de mão de Emre Can que o árbitro, após consultar o VAR, marcou pênalti que Mahrez não desperdiçou (55).

"Isso é amargo, realmente dói", disse Can após o jogo. "Toquei a bola primeiro com a cabeça e depois com a mão".

Esse gol voltava a colocar o City virtualmente de volta às semifinais. Mas quem garantiu definitivamente a vaga foi Phil Foden (75), que recebeu na frente da área após uma cobrança de escanteio de sua equipe e disparou um míssil rente à trave.

O jovem norueguês Erling Haaland não conseguiu marcar nem evitar a eliminação do Borussia Dortmund e, com isso, se despede do torneio como artilheiro provisório, com 10 gols, dois a mais que o francês Kylian Mbappé.

A segunda vitória por 2 a 1 coloca o time inglês frente a frente com o PSG de Neymar e o próprio Mbappé, que tem a chance de se tornar artilheiro.

Últimas notícias