Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Com dificuldade financeira, torcedor coloca coleção de camisas do Sport à venda e é surpreendido com rede de apoio na web

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 15/04/2021 às 10:30
Passando por um momento de dificuldade, torcedor colocou camisas do Sport à venda. Foto: Reprodução/Twitter
Passando por um momento de dificuldade, torcedor colocou camisas do Sport à venda. Foto: Reprodução/Twitter
Leitura:

Passando por um momento de crise financeira, o torcedor do Sport, Bruno Henrique de Santana, iniciou uma campanha em suas redes sociais na manhã desta quinta-feira (15) para arrecadar dinheiro e, consequentemente, poder honrar com seus compromissos. Para levantar  fundos, ele anunciou a venda de uma coleção de camisas do time rubro-negro. Ainda na publicação, Bruno, que é motorista de Uber, demonstrou-se aperreado, especialmente pelo fato de ter uma filha de três meses.

A ação ganhou repercussão e chegou até o volante rubro-negro Marcão, que disse para Bruno não vender as camisas pois o atleta iria ajudá-lo. Além do jogador, vários torcedores também abraçaram a causa em prol do motorista, que passa por um momento de dificuldade. Parte dos torcedores, incluindo de times rivais, fizeram sua contribuição sem pedir a camisa em troca. Ou seja, uma contribuição para que Bruno continue com sua coleção de camisas e, ainda assim, possa ser ajudado. Outros, por sua vez, sugeriram que fosse feita uma 'vaquinha virtual', para evitar que o torcedor se desfizesse de suas camisas.

LEIA MAIS:

Confira as primeiras palavras de Umberto Louzer como técnico do Sport

Mailson e irmão são relacionados juntos pela primeira vez no time profissional do Sport

Com Gallo e Louzer, o recomeço de Santa Cruz e Sport

Entre as peças anunciadas, encontram-se camisas de variadas épocas. No entanto, predominam peças da marca Adidas, que patrocinou o Sport entre 2014 e 2017, quando o Leão esteve na Série A do Campeonato Brasileiro. O valor mínimo pedido pelo motorista de Uber aos torcedores que se interessam pela aquisição de uma das camisas é de R$ 100, que pode ser transferido via PIX.

REVIRAVOLTA

Após a repercussão positiva da campanha, que recebeu, inclusive, o apoio do volante Marcão, o torcedor do Sport Bruno Henrique Santana de Santana desistiu de vender a coleção de camisas. Além disso, ele também se prontificou a devolver todos os valores que recebeu. Das peças que foram colocadas à venda, apenas uma tinha sido entregue ao comprador e, com isso, não teve como ser recuperada.

Últimas notícias